Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

San Antonio passa com facilidade pelo New Orleans dentro de casa

Líder da NBA, Spurs não teve a menor dificuldade para despachar o Hornets; Tiago Splitter teve atuação apagada

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237881964636&_c_=MiGComponente_C

O San Antonio Spurs não teve dificuldades para bater o New Orleans Hornets neste domingo. Jogando dentro de casa, o time de melhor campanha da temporada passeou em quadra e venceu por 109 a 84.

Tiago Splitter teve participação bastante apagada no jogo. O pivô brasileiro ficou em quadra por 17:38 minutos e acertou dois dos quatro arremessos que tentou. Fez cinco pontos e pegou dois rebotes.

AP
Tim Duncan e Emeka Okafor brigam pelo rebote

Quem se destacou pelo San Antonio foi o armador Tony Parker, com 19 pontos e seis assistências. O ala-pivô Tim Duncan ficou próximo de um double-double ao somar 11 pontos e nove rebotes. Além da dupla, outros cinco jogadores do time tiveram pontuação de dois dígitos: o armador George Hill (11), o ala-armador Gary Neal (11), o ala Richard Jefferson (13), o ala-pivô Matt Bonner (14) e o pivô DeJuan Blair (10).

O armador Chris Paul foi o melhor do New Orleans no confronto ao anotar 16 pontos e dar oito assistências. O ala-pivô David West e o ala Trevor Ariza colaboraram com 13 pontos cada.

O time da casa não encontrou resistência alguma por parte da defesa adversária. Reflexo disso são os 58% de aproveitamento nos arremessos de quadra. O Hornets, por sua vez, acertou somente 44% dos seus arremessos. O Spurs também foi melhor nos rebotes: capturou 39, contra 30 do rival.

A superioridade dos texanos no jogo ficou evidente já nos minutos iniciais do confronto, quando fez 21 a 8 no placar. Depois de ter aberto dois dígitos de frente, o San Antonio não permitiu mais que o seu adversário voltasse a se aproximar pelo restante da noite. Com um ótimo rendimento ofensivo, foi para os vestiários vencendo por 27 pontos: 68 a 41.

O Hornets não conseguiu esboçar qualquer tipo de reação na segunda metade. Pelo contrário: a desvantagem chegou a bater a casa das três dezenas ao final do terceiro quarto. Completamente dominado em quadra, apenas observou o Spurs confirmar a vitória nos minutos finais.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG