Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

San Antonio bate Oklahoma City, apesar dos 30 pontos de Durant

Ala do Thunder foi cestinha do jogo, mas não conseguiu evitar derrota para o Spurs. Tiago Splitter, ainda machucado, não atuou

iG São Paulo |

O San Antonio Spurs enfrentou o Oklahoma City Thunder dentro de casa na noite desta quarta-feira e venceu por 109 a 105. As duas equipes fizeram um jogo bastante disputado, que acabou se definindo apenas nos segundos finais, quando o ala Jeff Green errou um arremesso de três que empataria o jogo para os visitantes.

Tiago Splitter nem sequer foi relacionado para a partida. O pivô brasileiro segue se recuperando de uma lesão muscular na perna esquerda que o manteve fora de combate nas duas últimas semanas.

Seis jogadores do San Antonio atingiram os dois dígitos de pontuação. O principal deles foi o armador francês Tony Parker, que fez 20 pontos e pegou cinco rebotes. Vindo do banco, o ala-armador Gary Neal acertou quatro bolas de três e marcou 19 pontos. Já o veterano ala-pivô Tim Duncan registrou um “double-double”: 17 pontos e dez rebotes.

O cestinha da noite foi Kevin Durant. O ala do Oklahoma City marcou 30 pontos e apanhou nove rebotes. O armador Russell Westbrook somou 25 pontos e sete assistências. O ala Serge Ibaka, por sua vez, saiu do banco e colaborou com dez pontos e 15 rebotes.

O Thunder foi dominante próximo à cesta: apanhou 54 rebotes na partida, contra somente 37 dos mandantes. Mas o Spurs compensou com a pontaria calibrada nos arremessos, sobretudo nos de longa distância: foram 13 bolas de três pontos anotadas, ao passo que os rivais acertaram apenas sete.

Contando com um ótimo desempenho de Westbrook, o ataque do Oklahoma City dominou o jogo nos 12 minutos iniciais. O armador foi responsável por 13 pontos da equipe no primeiro quarto, que terminou com vitória dos visitantes por 37 a 31.

Mas o Spurs ajustou sua defesa e permitiu apenas 16 pontos do oponente no segundo período. Do outro lado da quadra, os texanos seguiam atacando com a mesma facilidade do início da partida e conseguiram abrir 11 pontos ao término da primeira metade (64 a 53).

Aos poucos, o Thunder foi se aproximando durante a segunda metade. Chegou até a passar à frente (96 a 94) depois de dois lances livres de James Harden com pouco menos de sete minutos restantes. Daí em diante, os times se revezaram algumas vezes na liderança e o equilíbrio ditou o ritmo da partida até o fim.

Quando o relógio indicava 13 segundos para o encerramento da disputa, Manu Ginobili acertou dois lances livres e deixou o Spurs três pontos à frente (108 a 105). Os visitantes ainda tentaram empatar com o chute de longa distância de Jeff Green. Mas a bola disparada pelo ala a seis segundos do encerramento da partida, que deixaria as equipes novamente em igualdade, não caiu.

O rebote ficou com Tony Parker, que recebeu a falta, acertou um dos seus dois lances livres e definiu o placar final.

Leia tudo sobre: san antonio spursnbaoklahoma city thunder

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG