Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

San Antonio bate New York com grande atuação de Tim Duncan

Veterano ala-pivô marcou 21 pontos e pegou 16 rebotes na oitava vitória seguida do Spurs. Brasileiro Tiago Splitter pouco jogou

iG São Paulo |

O San Antonio Spurs estendeu sua série invicta para oito partidas nesta sexta-feira ao bater o New York Knicks dentro de casa por 101 a 92. O pivô brasileiro Tiago Splitter jogou apenas os 27 segundos finais. Não pontuou e pegou um rebote.

Tim Duncan teve ótima exibição e comandou a vitória do San Antonio. O veterano ala-pivô ficou bem próximo do “triple-double” ao somar 21 pontos, 16 rebotes e oito assistências.

Tony Parker e DeJuan Blair fizeram “double-double” e também apareceram de maneira positiva pelo Spurs. O armador francês marcou 21 pontos e distribuiu 13 assistências. Já o pivô somou 18 pontos e 13 rebotes.

O Knicks teve o cestinha do confronto: o armador Raymond Felton, que fez 23 pontos e ainda deu sete assistências. O ala-pivô Amar’e Stoudemire anotou 18 pontos, apanhou 15 rebotes e roubou quatro bolas. Mas não foi o suficiente para evitar a quinta derrota seguida do time nova-iorquino.

AP
Tim Duncan sobe para a cesta observado por Toney Douglas e Amar'e Stoudemire

O ataque costuma ser o ponto forte do New York na temporada, atingindo a pontuação centenária com frequência. Mas isso não aconteceu nesta noite: a equipe encontrou bastante dificuldade diante da forte defesa do Spurs e acertou somente 37,8% dos seus arremessos.

O início de jogo foi bastante equilibrado, com as duas equipes muito próximas uma da outra no marcador. Mas o Spurs tomou conta da partida na reta final do segundo quarto e conseguiu levar dois dígitos de liderança (61 a 50) para os vestiários.

O intervalo fez bem para os visitantes, que retornaram para a segunda metade errando menos e voltaram a equilibrar o confronto. O Knicks chegou a ficar a apenas quatro pontos do empate (83 a 79) quando restavam pouco menos de sete minutos para o encerramento do jogo, após dois lances livres certeiros de Danilo Gallinari.

Mas a aproximação parou por aí. O San Antonio voltou a abrir distância segura no marcador e não deixou a vitória – a 17ª consecutiva dentro do AT&T Center – escapar das suas mãos.

Leia tudo sobre: san antonio spursnew york knicksnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG