Time russo dominou a equipe turca com tranquilidade na decisão e garantiu vaga nos Jogos Olímpicos de Londres 2012

A Rússia é a campeã do Campeonato Europeu de basquete feminino disputado na Polônia. Com uma vitória por 59 a 42 sobre a Turquia na cidade de Lodz na tarde deste domingo, a equipe russa conquistou o terceiro título de sua história no Eurobasket, confirmou o domínio na competição continental e garantiu uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

A Rússia esteve em todas as seis finais do Eurobasket na última década. Vice-campeã na última edição em 2009 na Letônia, as russas voltaram a vencer como fizeram em 2007 e 2003. Além do tricampeonato russo, o resultado deste domingo evitou o que seria a conquista inédita das turcas. A medalha de prata foi o melhor desempenho da Turquia na competição.

Liudmila Sapova faz a jogada para a Rússia
Divulgação
Liudmila Sapova faz a jogada para a Rússia
O resultado garante a vaga do time russo nas Olímpiadas de Londres no próximo ano. Apenas a Rússia e os EUA (campeãs mundiais em 2010), já estão classificadas para a disputa do torneio.

O grande nome da decisão foi Maria Stepanova. A pivô anotou um "double-double" e foi determinante para o tricampeonato. Foram 18 pontos e 12 rebotes para a jogadora. Outra com boa atuação foi Elena Danilochkina que colaborou com 12 pontos. Pelo lado da Turquia a melhor foi Birsel Vardarli com dez pontos.

Além das boas atuações de Stepanova e Danilochkina, a Rússia dominou o garrafão para vencer. Foram 53 rebotes contra apenas 19 das turcas. No ataque, as russas tiveram a segunda oportunidade em 19 jogadas. Já a Turquia conseguiu apenas sete.

O jogo

A Turquia saiu na frente, mas foi a Rússia que dominou o começo do jogo. Com sete pontos seguidos nos três primeiros minutos da decisão, as russas assumiram o controle do marcador. Com aproveitamento de apenas 16% nas ações ofensivas, as turcas viram a desvantagem chegar a 11 logo no fechamento do quarto inicial: 19 a 8.

A produção do ataque turco subiu para 34% no começo do segundo quarto. Com isso, a equipe reequilibrou as ações e reduziu a desvantagem para apenas cinco. Contudo, as russas se recuperaram e recolocaram a diferença entre as equipes na casa de dez pontos ao final do primeiro tempo: 33 a 23.

A pausa entre o primeiro e o segundo tempo não fez bem ao time turco. A equipe voltou a errar muito no ataque nos primeiros minutos do terceiro período. Sem sofrer pontos nos quatro primeiros minutos do terceiro quarto, a Rússia conseguiu ampliar a vantagem para 16 pontos e estabelecer a maior diferença entre as equipes na partida.

Após quatro pontos seguidos nos segundos finais do terceiro período, a Turquia entrou no quarto final com 12 de desvantagem: 46 a 34. Elena Danilochkina com uma bola de três e Maria Stepanova com uma de dois esfriaram a reação turca logo no minuto inicial do período.

O desempenho no começo do quarto final foi determinante. A Turquia passou a forçar ataques rápidos para tentar se recuperar. Não deu resultado. O time turco encontrou uma defesa muito bem postada e que dominou os rebotes, especialmente com Stepanova. No ataque, as russas conseguiram gastar o tempo de posse de bola para assegurar a conquista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.