Entre lesões e problemas particulares, jogador é o oitavo a sair da seleção brasileira de basquete

O técnico da seleção masculina de basquete Rubén Magnano cortou mais um atleta do grupo que treina para o Pré Olímpico das Américas, em Mar Del Plata, na Argentina. O treinador anunciou a dispensa do ala-pivô Douglas Nunes nesta terça-feira, deixando o grupo próximo da definição na fase final de treinos para a competição que dará duas vagas nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012.

Depois de comandar dois treinos nesta segunda-feira, Magnano decidiu pela liberação do atleta na tarde desta terça-feira, a poucas semanas do encerramento dos treinos no Brasil. Dentre lesões e problemas particulares, outros sete jogadores já deixaram o elenco (ou nem mesmo se apresentaram, casos de Nenê Hilário e Leandrinho Barbosa). Faltam, portanto, apenas dois atletas a serem cortados para que o grupo do Pré-Olímpico seja definido.

Douglas Nunes é atleta do Itabom/Bauru, equipe que disputou a edição 2010/2011 do NBB, e terminou na quinta colocação. Ele tem 24 anos e 2,08m, e é companheiro de time do norte-americano Larry Taylor, que foi impedido de servir a seleção por não conseguir a nacionalidade brasileira.

O elenco fica agora com apenas 14 jogadores à disposição para continuar os treinamentos em São Paulo, antes de viajar para a Argentina para a disputa do Pré-Olímpico. Não estão mais com a seleção os atletas Nenê Hilário (Denver Nuggets), Leandrinho Barbosa (Toronto Raptors), Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Larry Taylor (Bauru), Arthur Belchior (Brasília), Diego da Silva (Limeira) e Douglas Nunes (Bauru).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.