Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Rose joga mesmo doente e Chicago supera Orlando

Atleta foi à quadra mesmo sofrendo com fortes dores causadas por uma úlcera estomacal e foi uma das principais peças na vitória

iG São Paulo |

AP
Derrick Rose enfrenta dor no estômago durante o jogo
Jogando em casa, o Chicago Bulls derrotou o Orlando Magic nesta noite de sexta-feira por 99 a 90. Com o resultado, o Chicago manteve-se na segunda colocação da Conferência Leste, atrás apenas do Boston Celtics.

O armador Derrick Rose lutou mais contra dores de uma úlcera estomacal do que os jogadores do Magic. Ele foi para quadra mesmo assim e anotou 22 pontos e deu 12 assistências.

Luol Deng foi o cestinha do Chicago com 26 pontos. O ala ainda apanhou oito rebotes. Carlos Boozer contribuiu com 16 pontos e 16 rebotes. Nenhum outro atleta da equipe chegou a dois dígitos em qualquer quesito.

Pelo Magic, Dwight Howard fez mais uma grande apresentação. O “Superman”, como é chamado, anotou 40 pontos, apanhou 15 rebotes, roubou quatro bolas e deu três tocos. Apenas o armador Gilbert Arenas, com 11 pontos, chegou aos dois dígitos pelo Magic em algum fundamento.

Esta foi a 11ª derrota do Orlando longe de seus domínios. Para o Bulls foi a 22ª vitória em casa e a quarta consecutiva.

O jogo teve cenários diferentes nas suas duas metades. Howard fez 19 pontos e comandou o time para abrir cinco pontos de vantagem antes do intervalo: 51 a 46.

A desvantagem parece que acordou o Bulls, que voltou inspirado dos vestiários. Os nove pontos e quatro rebotes de Dwight não impediram Deng e Rose de comandar a virada do time da casa no terceiro quarto.

A equipe venceu o período por 17 pontos: 34 a 17 e passou 12 pontos a frente no placar: 80 a 68. Com a boa vantagem o time não teve dificuldade em controlar o resultado.

 

Leia tudo sobre: NBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG