Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Rose diz que declaração de Jordan coloca pressão no time

Segundo o maior ídolo da franquia, equipe atual do Chicago pode vir a ganhar outros seis campeonatos da NBA

iG São Paulo |

Quando Michael Jordan disse no último sábado que o atual time do Chicago Bulls pode vir a ganhar outros seis títulos, os torcedores vibraram. Derrick Rose, capitão do time, torceu o nariz.

“É muita pressão”, afirmou Rose referindo-se ao que vai vir a partir da declaração de Jordan. “Eu não sei por que ele fez isso. Nós ainda estamos tentando nos tornar uma equipe consistente e isso é a única coisa com que nos preocupamos no momento. Isso e o Washington (adversário do Bulls nesta terça-feira)”.

Jordan esteve novamente em Chicago para receber homenagens da franquia pelos 20 anos da conquista do primeiro dos seis títulos que ele conquistou usando a camisa 23 do Bulls. As festividades ocorreram durante o intervalo da partida em que o Chicago bateu o Utah Jazz por 118 a 100.

“Olhem para esse time”, disse Jordan. “Eles podem ganhar outros seis títulos”. Naquele momento, o Chicago arrasava o Utah por 68 a 41.

Rose afirmou que não teve a oportunidade de conversar com Jordan. Isso porque o maior jogador de basquete de todos os tempos deixou o United Center antes de o jogo acabar e não participou da festa que envolveu os atuais e os antigos jogadores depois da partida.

Ao contrário de Rose, Carlos Boozer, que não atuou contra sua ex-equipe por estar contundido no tornozelo esquerdo, não acredita que a afirmação de Michael Jordan colocará pressão no time.

“Eu não me sinto pressionado”, afirmou Boozer. “Foi, isto sim, um grande elogio que saiu de sua boca. E espero que ele esteja com a razão. Não podemos olhar (para a afirmação de Jordan) como se isso significasse pressão”.

O técnico Tom Thibodeau seguiu a mesma linha de raciocínio de Boozer, dizendo que também não se sente pressionado. “Para nós, o que conta é o que nós pensamos”, disse o treinador. “É nisso que a gente tem que se concentrar. E sabemos que estamos fazendo tudo certo para que possamos melhorar a cada dia. Estamos lutando para nos tornarmos uma equipe de calibre e acho que podemos conquistar isso”.

De qualquer maneira, todos concordaram que a cerimônia marcou a noite de sábado. “Foi demais”, disse Rose referindo-se à oportunidade de estar com os jogadores que conquistaram o primeiro título da história da franquia. “Faz você querer estar na pele deles”.

Boozer também se disse emocionado. “Foi incrível”, disse ele. “Tive a oportunidade de encontrar com alguns jogadores antes do jogo e depois vi outros também. Eles obtiveram conquistas que nós estamos tentando neste momento. Tive a oportunidade de conversar com alguns deles e eles me disseram o que passaram (para conquistar o título)”.

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG