Tamanho do texto

Ex-jogador e deputado foi o cestinha da partida com cadeirantes e outros deputados em evento beneficente

Depois de jogar futsal vendado e dar algumas caneladas, Romário sentiu, na última quinta-feira, as dificuldades em jogar basquete sobre cadeira de rodas. O ex-jogador e deputado participou de uma disputa com cadeirantes da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), no Ginásio do Sesi, em Maceió, a convite da deputada Rosinha da Adefal.

O evento beneficente também teve a participação dos deputados federais Walter Tosta, Renan Filho, Luis Tibé, Rui Palmeira e Miguel Corrêa. Além deles, os ex-jogadores de futebol Peu, Josenilto e Catanha também marcaram presença.

Romário sentiu bastantes dificuldades no início do jogo e precisou de várias tentativas até conseguir marcar sua primeira cesta. Entretanto, o ex-atacante pegou o jeito e foi decisivo na vitória por 20 a 16, terminando a partida como o cestinha do jogo, com oito pontos, mesmo número do deputado Renan Filho, no time adversário.

Ao final do jogo, o ex-jogador de futebol comemorou a experiência e elogiou o esforço dos atletas com deficiência. “Essa é a segunda vez que me proponho a sentir na pele as dificuldades de pessoas com deficiência. Pude comprovar mais uma vez a enorme capacidade de superação dessas pessoas”, disse.

Romário ainda participou de uma partida de futsal com com surdos, mudos, autistas e portadores de Síndrome de Down e exaltou a inclusão de pessoas deficientes. "Esse tipo de iniciativa serve para comprovar que as pessoas com deficiência podem conviver normalmente com o resto da sociedade, basta acabarmos com o preconceito", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.