Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Rivalidade entre Magic e Bird vai virar peça da Broadway

História entre os atletas começou ainda na universidade e terminou com um título olimpíco para os EUA

iG São Paulo |

Getty Images
Larry Bird e Magic Johnson disputaram o troféu da NBA
Eric Simonson, dramaturgo da Broadway, está trabalhando em uma nova peça teatral. A temática será o basquete, mais especificamente uma grande rivalidade da história da NBA: Magic Johnson, Los Angeles Lakers, e Larry Bird, Boston Celtics.

Simonson esteve recentemente por trás da montagem “Lombardi”, que conta a história de Vince Lombardi, lendário treinador do Green Bay Packers, time de futebol americano, que é o atual campeão da NFL.

Os produtores Fran Kimser e Tony Ponturo ficaram empolgados em fazer uma nova montagem com a temática esportiva, por causa da boa resposta que tiveram do público com a peça “Lombardi”.

A nova produção vai contar a história de rivalidade e amizade envolvendo Bird e Johnson. A trama envolvendo o ídolo do Celtics e o ídolo do Lakers começou ainda na universidade.

Johnson poderia se eleger para o draft logo após seu primeiro ano na faculdade, mas decidiu ficar mais um, pois queria ganhar o título pela Universidade de Michigan. Bird já havia sido escolhido pelo Boston Celtics em 1978, mas preferiu ficar mais um ano em Idiana. Na grande final aconteceu o óbvio: os dois se enfrentaram.

Eles eram as maiores estrelas do basquete universitário na época e a partida já era noticiada como um confronto entre os astros e não entre as escolas. Foi o primeiro duelo decisivo entre os dois e Johnson levou a melhor, conquistando seu objetivo de ser campeão por Michigan.

Reprodução
Larry Bird e Magic Johnson na final da NCAA
Curiosamente, Magic Johnson foi selecionado pelo Lakers, um dos maiores, se não o maior rival do Celtics. Entre 1980 e 1989, com os dois craques em quadra, a rivalidade aumentou, já que pelo menos uma das equipes esteve na final em todos os anos.

Os dois se enfrentaram na grande final pela primeira vez em 1984. A partida chegou ao sétimo jogo, deixando a final mais emocionante e Bird levou a melhor sobre Johnson.

A revanche de Johnson foi em 1987 e com um “skyhook”, arremesso tipico do companheiro Kareem Abdul-Jabbar, ele deu a liderança da série para o Lakers (3 a 1) no último segundo do jogo quatro e o Lakers conseguiu o título na sexta partida.

No total, a vantagem ficou com o astro do Los Angeles, que venceu cinco campeonatos e participou de nove finais, uma delas em 1991. Bird venceu três vezes e esteve em cinco finais.

Posteriormente ambos fizeram história “Dream Team”, campeão Olímpico de 1992.
 

Leia tudo sobre: NBAMagic JohnsonLarry Bird

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG