Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Reservas comandam vitória do Dallas sobre o Clippers

Jason Terry e Jose Juan Barea saíram do banco e foram os comandantes da virada do Mavericks na segunda metade de jogo

iG São Paulo |

O Dallas Mavericks recebeu a visita do Los Angeles Clippers e venceu por 112 a 105. Para chegar à vitória, o time texano contou com boa atuação de dois armadores que saíram do banco.

Jason Terry acertou quatro bolas de três e fez 28 pontos, sua maior marca nesta temporada. Já o porto-riquenho Jose Juan Barea acertou nove dos seus 12 arremessos e anotou 25 pontos. O pivô Tyson Chandler e o ala Dirk Nowitzki, titulares, contribuíram com 21 e 20 pontos, respectivamente.

O Clippers não contou com um dos seus principais jogadores: o armador Eric Gordon, que está lesionado no pulso e deverá ficar fora de combate por cerca de três semanas. Seu substituto no quinteto inicial foi Randy Foye, que marcou 15 pontos e deu quatro assistências.

O grande destaque da equipe californiana foi o ala-pivô Blake Griffin, que mais uma vez saiu de quadra com um “double-double”: foram 22 pontos e 11 rebotes para o calouro.

Getty Images
Blake Griffin tenta se livrar da marcação de Jason Kidd

Mesmo sem Gordon, o Clippers dominou a primeira metade de jogo. Com bastante facilidade para atacar, acertou 68% dos seus arremessos durante os dois quartos iniciais da disputa e produziu 62 pontos. Levou para os vestiários oito pontos de superioridade (62 a 54).

A bronca do técnico Rick Carlisle nos seus comandados no intervalo parece ter dado resultado, pois o Dallas voltou melhor postado defensivamente para a segunda metade, limitando os visitantes a apenas 16 pontos no terceiro quarto.

Do outro lado da quadra, Terry assumia o comando da equipe. Depois de ter marcado somente seis pontos no primeiro tempo, fez 22 durante os dois últimos quartos e liderou a virada do Mavericks.

Os mandantes encerram o terceiro período com três pontos de liderança (81 a 78), e chegaram a abrir 17 pontos (103 a 86) depois de um tiro certeiro de longa distância de Nowitzki, com cerca de seis minutos para o fim da disputa. O Clippers até voltou a trazer a desvantagem para a casa de um dígito, mas não conseguiu evitar o revés.

Leia tudo sobre: los angeles clippersdallas mavericksnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG