Michael Heisley, gerente geral do Grizzlies, está confiante na permanência do pivô, cujo contrato termina ao final da temporada

A surpreendente campanha do Memphis Grizzlies na temporada 2010/11 chegou ao fim no domingo, com a derrota diante do Oklahoma City Thunder no sétimo jogo das semifinais da Conferência Oeste . Após a eliminação, a equipe já começa o planejamento do próximo campeonato. A prioridade já está definida: a manutenção de Marc Gasol no elenco.

O atual contrato do pivô espanhol com o Memphis chega ao fim ao término da temporada. Michael Heisley, gerente geral da franquia, diz estar bastante otimista com a renovação do acordo com o atleta.

“Marc vai decidir se quer ficar aqui”, afirmou Heisley. “Nós seremos agressivos para mantê-lo aqui. Ele é um agente livre restrito, isso significa que temos a possibilidade de cobrir qualquer oferta que apareça. Mas é claro que se ele quiser sair, terei uma atitude diferente. Espero que ele queira ficar. E depois do que fizemos nos playoffs, acredito que ele vai querer ficar”.

Titular absoluto do Grizzlies, Gasol teve médias de 11,7 pontos e 7 rebotes por partida durante a temporada 2010/11, sua terceira como profissional na liga. Nos playoffs, os números do espanhol subiram para 15 pontos e 11,2 rebotes por jogo.

A extensão do acordo com Gasol garantiria ao Memphis seguir contando com os dois jogadores que formam o garrafão titular da equipe. Isso porque o ala-pivô Zach Randolph, que também seria agente livre ao término da temporada, já acertou a renovação do seu contrato com a franquia .

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.