Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Relatório de legista diz que cinco tiros acertaram Lorenzen Wright

Ex-jogador do Memphis Grizzlies morreu no final de julho passado. Até o momento, ninguém foi detido pelo crime

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860098871&_c_=MiGComponente_C

Autópsia feita no corpo de Lorenzen Wright, morto no final de julho passado, indica que cinco tiros foram acertados no ex-jogador da NBA. Isto é o que indica relatório divulgado nesta sexta-feira.

Fragmentos de bala alojados no crânio e antebraço direito de Wright indicaram os disparos segundo relatório do médico legista de Memphis. O documento não exclui a possibilidade de mais ferimentos de bala no corpo do ex-jogador.

Wright tinha 34 anos e estava desaparecida havia 10 dias, quando seu corpo foi encontrado em um bosque no subúrbio em Memphis no dia 28 de julho. Nenhuma prisão foi feita até o momento e a polícia não ofereceu qualquer pista.

Lorenzen Wright era pivô e jogou em cinco equipes durante a sua carreira na NBA, que durou 13 anos. Ele teve uma média de 8,0 pontos e 6,3 rebotes em 779 jogos na carreira.

Seu último time foi o Cleveland Cavaliers na temporada 2008/09. Na ocasião, foi companheiro de Anderson Varejão. Antes disso, passou pelo Los Angeles Clippers, Atlanta, Memphis e Sacramento.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG