Punição se deu pela confusão da partida entre Flamengo e Bauru, válida pela segunda semifinal do NBB

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) recusou, nesta terça-feira, o pedido do Flamengo de cancelar a punição ao ala Marcelinho Machado. A corte negou o recurso e manteve a suspensão de duas partidas.

A punição se deu pela confusão da partida entre Flamengo e Bauru, válida pelo segundo jogo da semifinal do NBB (Liga Nacional de Basquete) do ano passado. No episódio, o selecionável não gostou da atitude do rival Fernando Penna, que driblou um flamenguista com um drible embaixo das pernas.

O árbitro da partida, Fernando Serpa de Oliveira, relatou que o atleta rubro-negro fez uma 'abordagem indevida'. O Fla recorreu, objetivando a 'imprestabilidade da súmula', porém não obteve êxito. O júri manteve a decisão por unanimidade de votos.

Marcelinho, atualmente se preparando para o Pré-Olímpico com a seleção brasileira, cumprirá o gancho na próxima edição do Nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.