Exames revelam que quadro do tornozelo do pivô chinês evolui e esperança de renovar contrato com o Houston Rockets cresce

Yao Ming recebeu boas notícias nesta semana. O pivô realizou um exame de ressonância magnética em Houston que comprovou melhora na situação do seu tornozelo esquerdo, reparado cirurgicamente em janeiro passado, o que levou o jogador a pensar em aposentadoria .

“Tudo parece bem, o exame trouxe ótimas notícias”, disse Yao, que está com a recuperação dentro do previsto, mas não tem data para retornar às quadras. “Ainda é cedo para prever a volta. Mas acho que o único obstáculo que existe é a lesão”.

O pivô tem convivido com lesões durante a carreira inteira e só disputou cinco partidas nas últimas duas temporadas da NBA. “Quanto mais contusões se sofre, mais a experiência pode ajudar”, afirmou. “É preciso força psicológica. Você fica cansado disso. Afinal, o meu trabalho é jogar basquete e não de ficar me recuperando todos os dias”.

As boas notícias relacionadas à recuperação fizeram com que Yao, que será agente livre irrestrito em julho, ganhasse confiança de que seu contrato com o Rockets será renovado. O dono da franquia, Leslie Alexander, e o gerente geral, Daryl Morey, já disseram ter interesse em seguir contando com o chinês no elenco.

“Eu adoraria continuar aqui, não há lugar melhor para mim neste momento do que Houston”, falou o pivô, em visita a uma escola de ensino fundamental da cidade na última quinta-feira.

Enquanto não decide o seu futuro, Yao acompanha a decisão do futuro do Rockets sobre um novo treinador. Rick Adelman foi demitido em abril passado depois de quatro temporadas no Texas . Entre os três principais candidatos ao cargo (Kevin McHale, Dwane Casey e Lawrence Frank), o chinês está mais interessado em McHale, que também jogou no garrafão quando era jogador.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.