Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Ray Allen decide e garante vitória do Boston sobre o New York

Cesta de três pontos do ala-armador a 11 segundos do fim dá a virada ao Celtics, que vence na abertura da série contra o Knicks

iG São Paulo |

O Boston Celtics bateu dentro de casa o New York Knicks neste domingo de maneira emocionante, na primeira partida da série entre as equipes. A cesta de três pontos de Ray Allen a 11 segundos do fim e o arremesso errado de Carmelo Anthony no estouro do cronômetro garantiram a vitória por 87 a 85.

Herói da noite, Allen marcou 24 pontos e pegou seis rebotes. O ala-pivô Kevin Garnett registrou “double-double”: 15 pontos e 13 rebotes. Quem também apareceu de maneira decisiva pelo Boston foi o armador Rajon Rondo, dono de dez pontos, nove rebotes e nove assistências.

O principal destaque do New York foi o ala-pivô Amar’e Stoudemire, com 28 pontos e 11 rebotes. O ala Carmelo Anthony contabilizou 15 rebotes, quatro rebotes e quatro assistências. A outra estrela do time, o armador Chauncey Billups, somou dez pontos e quatro assistências.

O Boston ensaiou um começo de partida dominante, quando anotou seis dos oito primeiros pontos da noite. E tinha tudo para disparar de vez, pois Carmelo Anthony foi para o banco logo com dois minutos jogados ao cometer duas faltas. Mas o New York se superou: compensou a ausência do astro com tiros certeiros de longa distância para voltar a equilibrar o confronto.

O primeiro quarto terminou com o time da casa apenas um ponto à frente (24 a 23). O Knicks assumiu o controle das ações em seguida. A defesa, um dos grandes pontos fracos do time nova-iorquino durante a temporada, apareceu com bastante eficiência no segundo período e limitou o ataque rival a apenas 15 pontos.

Getty Images
Ray Allen foi decisivo na primeira partida contra o Knicks
Os visitantes foram para o intervalo ganhando por 51 a 39. Mas no retorno dos vestiários, a situação se inverteu. Foi a defesa do Celtics que se mostrou implacável dessa vez, impossibilitando que o oponente marcasse mais do que 13 pontos no terceiro período.

Ainda assim, os locais entraram no último quarto perdendo por 64 a 59. Mas rapidamente passaram à frente ao anotarem sete pontos consecutivos (66 a 64). Daí em diante, o equilíbrio tomou conta da partida.

O jogo estava empatado em 82 pontos restando 37 segundos para o fim. Foi quando Toney Douglas acertou um tiro de longa distância que deixou o New York três pontos à frente (85 a 82). Uma ponte aérea de Rondo para Garnett logo no ataque seguinte cortou a desvantagem dos mandantes.

O Knicks teve a chance de voltar a se distanciar, mas a arbitragem assinalou uma falta de ataque de Anthony. Com 11 segundos no relógio, o Boston conseguiu chegar à virada. Especialista nas bolas de longa distância, Ray Allen recebeu um passe de Pierce e fez a cesta de três.

Anthony ainda tentou devolver na mesma moeda. Mas o arremesso do ala no último segundo não acertou o alvo. O rebote ficou com Kevin Garnett, garantindo assim a vitória da equipe mandante.

As duas equipes voltam a se enfrentar na terça-feira. O segundo jogo da série será novamente em Boston.

Leia tudo sobre: boston celticsnbanew york knicks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG