Garnett nunca ofenderia pacientes com câncer , diz Danny Ainge - Basquete - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Garnett nunca ofenderia pacientes com câncer, diz Danny Ainge

Dirigente diz ter certeza absoluta de que o jogador não ofendeu Charlie Villanueva durante a partida na terça-feira

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861949100&_c_=MiGComponente_C

Danny Ainge saiu em defesa de Kevin Garnett. O dirigente do Boston Celtics disse que as acusações que o jogador tem recebido de chamar Charlie Villanueva, do Detroit Pistons, de paciente com câncer são completamente falsas.

Eu tenho certeza que ele nunca ofenderia pacientes com câncer, afirmou Ainge. Isso não faz sentido algum, até porque ele está passando por esse problema dentro da própria família. Além disso, eu nunca vi esse tipo de conversa dentro de quadra em 30 anos trabalhando com o basquete.

Garnett se defendeu das acusações de Villanueva, dizendo que a história toda não passou de um mal entendido. O atleta do Boston afirmou que, na verdade, falou que o jogador do Detroit era um câncer para a equipe e para a liga.

Doc Rivers, treinador do Celtics, garante ter ouvido a conversa e confirmou a versão de Garnett. Ainge diz confiar no técnico e no jogador. E ainda cutucou o uso que Villanueva costuma fazer do micro blog.

O twitter é uma ferramenta que serve para auto-promoção na maioria dos casos, analisou Ainge. Ele não teve a intenção de tornar público algo que fosse útil para todo mundo. Quis, na verdade, atrair os holofotes. Ele é um cara que usa o twitter durante os jogos. Isso é auto-promoção.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG