Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Portland massacra Cleveland por mais de 40 pontos de diferença

Com uma defesa fortíssima, Blazers domina a partida logo no primeiro quarto e conquista a vitória em casa com extrema facilidade

iG São Paulo |

Massacre. Foi o que aconteceu em Portland na noite desta quinta-feira. O time local, o Trail Blazers, não tomou conhecimento do Cleveland Cavaliers, a equipe de pior campanha da temporada, e venceu por 111 a 70.

O péssimo rendimento ofensivo justifica a baixa pontuação do Cleveland. Dos 59 arremessos que tentou, apenas 21 acertaram o alvo. Ou seja, aproveitamento de 35,6%. Além disso, foram 18 desperdícios de posse de bola.

LaMarcus Aldridge foi o grande destaque da partida. Ao converter nove arremessos em dez tentados, o ala-pivô do Portland anotou 20 pontos e ainda chegou ao “double-double” com os 11 rebotes que pegou. Quem também apareceu bem pelos mandantes foi o ala Gerald Wallace, dono de 17 pontos, seis rebotes e seis assistências.

O principal anotador do Cleveland foi o armador Ramon Sessions, com 14 pontos. Apenas dois outros jogadores do time de Ohio pontuaram em duplo dígito: o armador Daniel Gibson (12) e ala-armador Manny Harris (10) – ambos reservas.

O Portland liderou o jogo todo e não demorou muito para definir o resultado. Logo na primeira posse de bola, o ala francês Nicolas Batum tirou o zero do placar. Em seguida, Ramon Sessions converteu um arremesso e empatou a partida para o Cavs. O equilíbrio acabou por aí. O que se viu nos minutos seguintes foi uma equipe visivelmente dominada pelo oponente nos dois lados da quadra.

Os visitantes erraram seus nove arremessos seguintes. Ainda mais frágil que o ataque, a defesa permitiu que o Blazers engatasse uma corrida de 22 pontos consecutivos. Assim, quando restavam exatos 4:22 minutos para o final do primeiro período, o placar apontava vitória dos mandantes por 24 a 2.

Sem que o Cavs apresentasse mudança significativa de comportamento, a diferença no marcador não parava de crescer. O Portland foi para o intervalo à frente por 64 a 34. As três dezenas de diferença sugeriam uma segunda metade pouco atraente, com as duas equipes desinteressadas no jogo, que já estava decidido.

O Blazers não parece ter pensado assim no retorno dos vestiários. A defesa aplicada no terceiro quarto foi ainda melhor à demonstrada nos dois períodos anteriores, tendo sofrido apenas 11 pontos do Cavs. Desta forma, a vantagem bateu na casa das quatro dezenas.

O time da casa tirou o pé do acelerador no último quarto, quando todos os seus principais atletas foram sacados e preservados para o próximo compromisso. A equipe volta a jogar no sábado, contra o Philadelphia 76ers, novamente dentro de casa.

O Cleveland também voltará a estar em ação no sábado. Buscará se redimir da derrota desta noite em Los Angeles, onde medirá forças com o Clippers.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG