Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Poder de recuperação vira trunfo do Heat nos playoffs

Após temporada irregular, time de Miami venceu as seis partidas da pós-temporada em que foi para o intervalo atrás no marcador

iG São Paulo |

Uma das principais críticas feitas ao Miami Heat durante a temporada foi a falta de poder de recuperação e decisão. Na fase de classificação, a equipe foi derrotada em 14 de 20 partidas decididas por cinco ou menos pontos. Mas, nos playoffs, as coisas mudaram muito para os campeões da Conferência Leste .

Com a virada no segundo tempo do primeiro jogo da final contra o Dallas Mavericks , o time da Flórida acumula seis vitórias e nenhuma derrota nesta pós-temporada quando vai para o intervalo perdendo. Para o treinador Erik Spoelstra, o poder de recuperação veio com a confiança adquirida dentro de quadra.

“Nós estamos ganhando confiança nos últimos quartos”, afirmou. “Passamos por muitos problemas. Em muitos jogos, nós tivemos vantagens de oito ou dez pontos no quarto final e acabamos perdendo. Acho que entendemos que precisávamos melhorar”.

Dentro de quadra, a confiança permite que o time encontre várias maneiras de chegar às vitórias. “Eles abraçaram o desafio de jogar melhor em partidas apertadas e encontrar formas diferentes de triunfar”, disse Spoelstra. “Às vezes, fazemos isso com nossa defesa. Às vezes, com arremessos. Mas, quanto mais vezes conseguimos, mais confiança ganhamos”.

O ala-armador Dwyane Wade ressalta que, não importa qual seja o placar, a equipe tenta sempre melhorar dentro do jogo. “Em um mundo perfeito, preferiríamos liderar sempre”, falou. “Nós queremos, na liderança ou não, jogar bem. Você quer fazer aquilo em que é bom. Mas isso nem sempre vai resultar em vitórias fáceis ou em termos a liderança”.

Apesar do técnico entender que há evolução no time, LeBron James minimizou os números. “Não estamos enfrentando grandes desvantagens no intervalo”, disse. De fato, o ala tem razão. Das seis viradas da equipe, em apenas uma partida a diferença foi maior do que quatro pontos. “Não é algo enorme, como se estivéssemos perdendo por 12 ou 14 pontos”.

O ala acredita que o Heat precisa lutar para estar na frente do adversário nos 48 minutos, não apenas nos 12 decisivos. “Nós jogamos 16 partidas nos playoffs, então em dez não estávamos perdendo no intervalo”, explicou. “Nós temos que continuar fazendo nosso jogo e não se preocupar se estamos atrás ou não. Nós não queremos estar perdendo”.

Leia tudo sobre: NBAplayoffsMiami HeatErik SpoelstraLeBron James

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG