Incertezas em torno da possível greve da NBA fizeram com que sérvio optasse por retornar ao basquete europeu após três anos

O pivô Nenad Krstic deixou o Boston Celtics para atuar no CSKA Moscow. O jogador sérvio assinou contrato de dois anos com o clube russo e receberá € 6,6 milhões (mais de R$ 15 milhões) no período.

O atleta estava no Celtics desde fevereiro deste ano, quando foi envolvido na troca que levou Kendrick Perkins para o Oklahoma City Thunder . Após ser parte importante da rotação da equipe na reta final da temporada regular, o pivô atuou apenas oito minutos por partida nos playoffs.

No entanto, não foi nenhum descontentamento com o time que fez Krstic voltar para o basquete europeu, mas o temor de uma longa paralisação com a possível greve da NBA. “Fui contatado pelo empresário de Nenad e, com a incerteza sobre a situação da liga, ele resolveu buscar a opção mais segura”, disse o gerente geral do Boston, Danny Ainge.

A saída de Krstic, somada à aposentadoria de Shaquille O’Neal , deixa o Celtics com apenas um pivô de ofício em seu elenco: o veterano Jermaine O’Neal, que também chegou a cogitar finalizar a carreira , mas anunciou que continuará atuando na temporada 2011/12 .

Esta não é a primeira vez que o sérvio deixa a NBA para atuar na Rússia. Em 2008, depois de uma série de lesões, o pivô saiu do New Jersey Nets para jogar no Triumph Lyubertsy. As boas atuações fizeram com que cinco meses mais tarde o Thunder lhe oferecesse uma nova oportunidade na liga norte-americana.

Em sete temporadas, Krstic disputou 419 partidas na NBA (373 delas como titular) e acumula média de 10,0 pontos e 5,4 rebotes por jogo.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.