Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Pinheiros derrota Joinville e está na semifinal do NBB

Time paulista volta a vencer, fecha série melhor de cinco em 3 a 2 e se garante entre os quatro melhores da competição nacional

iG São Paulo |

Divulgação
Marquinhos Souza tenta a jogada para o Pinheiros
O Pinheiros está na semifinal do NBB. Jogando em casa, o time paulista se recuperou das duas derrotas consecutivas e bateu o Joinville por 93 a 82 na manhã deste domingo. O resultado fechou a série melhor de cinco em 3 a 2 para o time treinado por João Marcelo.

Pinheiros e Joinville entraram em quadra para desempatar a série e garantir um lugar na próxima fase da competição. O duelo foi bastante equilibrado, mas o domínio dos paulistas no segundo e terceiro períodos fez a diferença. O time catarinense ainda ameaçou uma reação nos minutos finais, mas falhou nos ataques decisivos.

O resultado da partida disputada neste domingo encerra a série. Com o triunfo, o Pinheiros se junta ao Flamengo e ao Franca como equipes classificadas. O time carioca levou a melhor sobre o Bauru enquanto o time francano derrubou o São José. O quarto classificado sai do duelo entre Brasília e Uberlândia que fecha a rodada às 20h.

Para vencer, o Pinheiros contou com atuação inspirada de Marquinhos Souza. O ala foi o cestinha do duelo com 31 pontos. Outro com bom desempenho foi Shamell Stallworth. O norte-americano colaborou com 20. Pelo lado do Joinville, o armador André Manteguinha foi o melhor nome. No entanto, os 29 pontos feitos pelo jogador não evitaram a derrota e a eliminação do time catarinense no torneio.

O jogo

Pinheiros e Joinville fizeram um primeiro quarto bastante equilibrado. Apesar dos três acertos em bolas de três pontos do time paulista, os visitantes apostaram no domínio no garrafão para vencer o período. A equipe catarinense pegou dez rebotes contra apenas sete dos anfitriões para fechar os dez minutos iniciais com 19 a 17 no placar.

Os donos da casa melhoraram e conseguiram a virada logo no começo do segundo quarto. Marquinhos Souza e Shamell Stallworth assumiram a responsabilidade e comandaram o Pinheiros que retomou o controle do garrafão. Com 11 rebotes contra apenas cinco do Joinville, os anfitriões venceram o quarto por 23 a 17 e foram para o intervalo com vantagem de quatro pontos: 40 a 36.

Divulgação
Marcado por Paulinho Boracini do Joinville, André Góes tenta armar lance para o Pinheiros

O tempo entre o primeiro e o segundo tempo fez bem ao Pinheiros. Com nove pontos de Marquinhos em cinco minutos, o time da casa abriu 15 a 5 na primeira metade do terceiro quarto. Assim, o time paulista colocou 14 de frente.

No entanto, comandado por André Manteguinha, o Joinville conseguiu reagir no final do terceiro período. A equipe visitante melhorou, fez 18 a 13 nos cinco minutos finais. Com isso, o Pinheiros entrou no quarto final do duelo com nove de vantagem: 68 a 59.

A reação do Joinville persistiu no começo do período decisivo. Com o armador Manteguinha inspirado, o time catarinense reduziu ainda mais a desvantagem. O jogo chegou aos quatro minutos finais com apenas cinco pontos separando as equipes: 78 a 73.

No entanto, o fôlego do Joinville diminuiu na reta final. A equipe passou a forçar os ataques. O Pinheiros não perdoou. O time paulista aproveitou as chances que teve na quadra ofensiva e voltou a colocar a vantagem na casa de dois dígitos.

Sem força, o Joinville nem sequer apelou para as faltas com a intenção de congelar o relógio. Assim, o Pinheiros controlou o placar e conseguiu a vaga.
 

Leia tudo sobre: NBB

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG