Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vídeo: Felipão ironiza possíveis reclamações

Treinador se antecipa e diz que pode poupar titulares diante do Fluminense, que briga por título com o Corinthians

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861522186&_c_=MiGComponente_C

O Phoenix Suns derrubou a invencibilidade do Atlanta Hawks. Mesmo jogando fora de casa, a equipe do Arizona venceu por 118 a 114 e quebrou a série de seis jogos invictos do rival.

Com ótimo desempenho de Steve Nash, o Suns conquistou a terceira vitória na temporada. Com 19 pontos e 15 assistências, o armador comandou a equipe ao segundo triunfo consecutivo. Pelo Hawks, Joe Johnson e Al Horford tiveram noites destacadas. O ala-armador foi o cestinha da partida com 34 pontos enquanto o pivô anotou 30 e pegou dez rebotes.


AP
Steve Nash comemora com Hedo Turkoglu. Dupla colaborou com 30 pontos

O jogo

Após um primeiro quarto bastante equilibrado (30 a 28), o Suns se valeu de um bom desempenho na segunda parcial para assumir o comando do placar. A equipe anotou 31 pontos no período e foi para o intervalo com 11 de vantagem (61 a 50). 

O motivo para o desempenho do time de Phoenix foram as bolas de três pontos. O Suns converteu seis das 14 tentativas no primeiro tempo (três de Hedo Turkoglu). Já o Hawks foi para os vestiários sem converter nenhum dos oito arremessos.

O Suns começou bem o terceiro quarto. A equipe chegou a colocar a vantagem em 18 pontos durante a parcial. No entanto, com 15 pontos de Joe Johnson no período, o Hawks se recuperou.

Se a bola de três pontos foi a arma do Phoenix no primeiro tempo, ela ajudou o Hawks no terceiro período. Foram seis certeiros e três arremessos convertidos nos últimos minutos da parcial. Com isso o time de Atlanta chegou a reduzir a desvantagem para apenas dois pontos.

Com os reservas em quadra o jogo seguiu equilibrado. Isso por que as equipes anotaram apenas três pontos em quatro minutos. Como foram dois anotados pelo time de Atlanta, a vantagem caiu para apenas um ponto.

Com os títulares novamente em quadra, o Suns conseguiu manter a vantagem de quatro pontos até dois minutos e meio para o final da partida. Após um erro de ataque do time do Arizona, o Hawks empatou a partida em 106.

Faltando oito segundos para o final da partida, Joe Johnson não aproveitou o ataque e o Suns abriu quatro pontos. O Hawks passou a usar as faltas para impedir o relógio de correr. Contudo, o time do Arizona aproveitou todos os lances livres e garantiu o triunfo.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG