Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Phil Jackson esclarece críticas feitas a Kobe Bryant após derrota

Treinador havia dito após o revés diante do Memphis no domingo que o craque estragou tudo ao tentar jogar sozinho

iG São Paulo |

A derrota do Los Angeles Lakers dentro de casa para o Memphis Grizzlies no domingo irritou Phil Jackson. Em sua análise logo após a partida, ele chegou a dizer que Kobe Bryant “estragou tudo” quando tentou jogar sozinho no terceiro quarto, deixando os companheiros sem participar das jogadas de ataque. Mas o treinador explicou nesta segunda-feira o que realmente quis dizer.

“Quando a partida começa a ficar fora do seu controle, Kobe realmente vai aparecer para tentar mudar as coisas, e com razão”, esclareceu Jackson. “Usei aquele termo, mas não quis dizer que ele arruinou a partida. Ele queria nos colocar de volta no jogo, e isso é algo que costuma acontecer somente no quarto período. É assim que vencemos partidas. Ele ter que fazer isso logo no terceiro quarto nos deixou sem gás para o restante do confronto”.

Kobe anotou 17 dos seus 28 pontos no terceiro quarto do jogo e foi responsável por 12 dos 22 arremessos que a equipe arriscou durante o período. A desvantagem que o Lakers tinha no marcador passou de nove para 17 pontos. O craque reconheceu que a tentativa de centralizar o jogo em suas mãos não funcionou.

“Ele está certo”, disse Kobe, referindo-se a Jackson. “Eu quebrei o ritmo do ataque, mas fiz isso de propósito porque senti que era necessário tentar alguma coisa diferente. Então eu decidi fazer alguns arremessos rápidos, isso funciona umas vezes e não funciona em outras. Se dá certo, ótimo. Se não, assumo a culpa”.

Getty Images
Kobe Bryant anotou 17 dos seus 28 pontos no terceiro quarto do jogo contra o Memphis
A dificuldade que o Lakers estava tendo diante do Memphis para encaixar as suas investidas ofensivas fez com que Kobe chegasse à conclusão de que deveria ignorar as jogadas de ataque que Jackson havia estabelecido.

“Eu estava tentando vencer a partida”, justificou-se o atleta. “Estávamos todos jogando muito mal, então eu tentei colocar um pouco mais de energia no jogo, mas não deu certo. Phil não se importa muito com o número de arremessos que eu tento, ele só quer que eu os faça dentro do nosso sistema ofensivo. Mas esse foi um dos dias que pensei que deveria ignorar o triângulo e tentar sozinho salvar a vitória, mas não deu certo”.

Por fim, Kobe disse que não se sentiu ofendido pela análise feita pelo treinador após a partida. Afirma que ele e Derek Fisher, que defendem o Lakers há alguns anos, já estão acostumados aos comentários que o comandante faz publicamente depois dos jogos.

“Quando você convive com o Phil por tanto tempo quanto eu convivo, sabe que ele gosta de treinar publicamente”, comentou o craque. “Acho que isso é importante para que os caras novos entendam. Mas eu e o Fisher entendemos como ele age, então está tudo bem. Você tem só que deixá-lo trabalhar e fazer a sua parte”.

Leia tudo sobre: Kobe BryantPhil JAcksonLos angeles lakersnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG