Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Phil Jackson diz que NBA não tem lugar para chorões

Treinador do Lakers falou sobre jogadores do Miami Heat que choraram no vestiário após a derrota para o Chicago Bulls, domingo

iG São Paulo |

A choradeira de alguns jogadores do Miami Heat após a derrota para o Chicago Bulls, domingo passado, ainda repercute na NBA. Agora foi o técnico Phil Jackson quem falou sobre o assunto. E foi contundente.

Segundo o treinador do Lakers, o maior vencedor de títulos na história da NBA, com 11 no total (seis com o Bulls e cinco com o Lakers), a liga não tem lugar para chorões. Disse Jackson: “Isto é NBA. Crianças não são aceitas. Gente grande não chora. Mas, se for o caso, que o façam no banheiro, onde ninguém possa ver”.

A declaração foi dada nesta terça-feira, em Atlanta, onde o Lakers tinha um compromisso com o Hawks. “Estão fazendo um drama disso tudo”, disse P-Jax, como também é chamado.

O treinador é conhecido pela sua língua afiada. O interessante é que P-Jax deu esta declaração local após ter dito que não iria falar sobre o assunto e que “pessoas choram nos vestiários sim, mas não quero falar sobre a situação do Miami”.

O bom em Jackson é que ele não foge da raia. Se disse, disse; e ponto final. Não faz como Erik Spoelstra, técnico do Miami, que declarou na entrevista coletiva após a partida contra o Bulls que havia jogadores chorando no vestiário e depois disse que não disse e culpou a imprensa, apesar de a declaração ter sido gravada pelas câmeras de televisão e gravadores dos repórteres.

Ainda nesta terça-feira, em entrevista ao programa “Max and Marcellus”, da Rádio ESPN de Los Angeles, Kobe Bryant minimizou o fato.

“Se alguns caras estão chorando no vestiário, eles estão chorando no vestiário, isso não significa que eles são frouxos”, disse Kobe. “Eles têm seus problemas, todos têm seus problemas. Neste ponto da competição, se você não tem problemas, você não é um time”.

Nesta quinta-feira, em Miami, Heat e Lakers se enfrentam. No primeiro jogo entre ambos, no dia de Natal, o time da Flórida foi à Califórnia e venceu por 96 a 80.

 

Leia tudo sobre: Phil JacksonKobe BryantLakers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG