Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Perkins retorna e Boston impõe mais uma derrota ao Cleveland

Depois de sete meses afastado, pivô voltou ao time na tranquila vitória do Celtics. Cavaliers soma agora 18 derrotas seguidas

iG São Paulo |

No retorno de Kendrick Perkins, o Boston Celtics passou com facilidade pelo Cleveland Cavaliers nesta terça-feira. Atuando dentro do seu ginásio, o TD Garden, venceu por 112 a 95 e impôs a 18ª derrota consecutiva do seu rival.

Recuperado de uma cirurgia no joelho direito, Perkins voltou a jogar após sete meses longe das quadras. Conforme o técnico Doc Rivers já havia anunciado, o pivô começou o confronto no banco de reservas. E o jogador teve boa participação durante os 17 minutos que atuou: fez sete pontos e pegou seis rebotes.

O principal destaque do Boston foi o ala Paul Pierce, com 24 pontos – todos anotados no primeiro quarto – e quatro rebotes. Já o armador Rajon Rondo alcançou mais um “double-double”: anotou 11 pontos e distribuiu dez assistências, além de ainda ter roubado quatro bolas.

Pelo lado do Cleveland, quem liderou a pontuação foi o ala Christian Eyenga, com 15 pontos. Mas quem melhor apareceu pelos visitantes foi o pivô J.J. Hickson, que somou 12 pontos, 17 rebotes, cinco assistências e quatro tocos.

AP
Kendrick Perkins cumprimenta Ray Allen durante a vitória do Celtics

Com apenas oito vitórias e 37 derrotas, o Cavs é o time de pior campanha da NBA. Este foi o 27º revés da equipe nos últimos 28 confrontos realizados.

No começo de jogo, o Cleveland dificultou bastante as coisas para os mandantes. Vencia por 23 a 21 após uma bandeja de Jamison, com pouco menos de três minutos para o fim do primeiro quarto. Mas foi aí que Pierce entrou em ação e mudou a história da partida.

O ala anotou todos os pontos da corrida de 13 pontos a três que o Celtics engatou na reta final do período e foi o principal responsável pela virada do time da casa. A partir daí, a partida jamais fugiu do controle dos mandantes, que passaram a se distanciar cada vez mais no marcador.

A defesa do Boston, que costuma ser bastante eficiente, mais uma vez mostrou a sua força durante o segundo quarto, quando limitou o ataque do Cavs a apenas 19 pontos. As coisas também funcionavam bem do outro lado da quadra, pois o ataque produziu 33 pontos. Assim, a vantagem do time de Massachusetts no intervalo já atingia a casa das duas dezenas: 67 a 45.

Com o resultado praticamente já definido, Rivers pôde preservar seus principais jogadores durante quase toda a segunda metade. O Cavs nem sequer esboçou uma reação e foi facilmente batido.

Leia tudo sobre: boston celticscleveland cavaliersnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG