Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Pat Riley comemora aquisição de armador no ''NBA Draft''

Presidente do Miami Heat diz que Norris Cole, selecionado na 28ª posição do recrutamento, era o atleta que o time queria escolher

iG São Paulo |

O primeiro reforço do Miami Heat para a temporada 2011/12 é o armador Norris Cole, selecionado na 28ª posição do “NBA Draft”. O atleta de 22 anos não era um nome muito badalado entre recrutadores e especialistas, mas o presidente e gerente geral Pat Riley diz ser exatamente quem a franquia esperava escolher.

Getty Images
Norris Cole, novo armador do Miami Heat
“Nós estamos muito felizes com esta escolha”, afirmou o veterano executivo, responsável pela formação da equipe vice-campeã da NBA . “Sentimos que é uma situação perfeita para nós. Havia um consenso de que Cole era quem queríamos pegar”.

O jogador, que estudou na Universidade de Cleveland State pelos últimos quatro anos, liderou o time da instituição na última temporada com médias de 21,7 pontos, 5,8 rebotes e 5,3 assistências. Sua altíssima produtividade chamou a atenção dos recrutadores do Heat.

“Sua habilidade de mudar o ritmo de um jogo é o que nos fez querer sua aquisição”, disse Riley. “E este é o motivo pelo qual nós o tínhamos a frente de outros atletas em nossa lista”.

Segundo o ex-treinador, as pesquisas do Heat colocavam Cole como o 18º melhor atleta disponível neste recrutamento e o quarto melhor armador da turma. “Nós não o tínhamos a frente de Kyrie Irving , Brandon Knight ou Kemba Walker (selecionados nas dez primeiras posições)”, revelou. “Mas ele estava a frente dos outros jogadores da posição”.

Antes de Cole, quatro armadores foram selecionados: Jimmer Fredette (pelo Utah Jazz, na décima escolha), Iman Shumpert (New York Knicks, 17ª escolha), Nolan Smith (Portland Trail Blazers, 21ª escolha) e Reggie Jackson (Oklahoma City Thunder, 24ª escolha).

Para garantir a aquisição do ex-universitário, que agora será companheiro de time de LeBron James e Dwyane Wade, o dirigente realizou uma troca com o Minnesota Timberwolves para subir três posições na lista de seleção (de 31 para 28), pois temia que algum time pudesse pegá-lo antes. “Não queríamos ser largados no altar”, brincou.

Trazer Cole para o elenco foi também uma medida de precaução de Riley. Os dois principais armadores do elenco do Heat correm o risco de deixar a franquia nos próximos meses: o veterano Mike Bibby e o jovem Mario Chalmers serão agentes livres a partir do primeiro dia de julho. No caso de Chalmers, porém, o time tem a possibilidade de cobrir qualquer oferta que seja feita por outra equipe ao atleta.

 

Leia tudo sobre: NBAMiami HeatNorris ColePat Riley

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG