Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Para vencer Leste, Chicago aposta no conjunto e Miami em astros

Confira o Raio-X da série que irá definir o campeão da conferência e uma equipe na grande final da temporada

iG São Paulo |

A Conferência Leste chegou ao seu momento decisivo. Chicago Bulls e Miami Heat irão definir a partir deste domingo quem fica com o troféu de campeão da conferência. O vencedor da série melhor de sete jogos garante um lugar na grande decisão da temporada.

Chicago e Miami confirmaram as melhores campanhas da primeira parte do campeonato. As duas equipes fecharam a temporada regular nas duas primeiras posições do Leste. Melhor time nos 82 jogos da fase de classificação, o Bulls tem a vantagem de fazer quatro partidas como mandante.

Para voltar à uma final de conferência pela primeira vez desde a "Era Jordan", o Bulls passou pelo Indiana Pacers e o Atlanta Hawks. Já o Miami levou a melhor nos duelos contra o Philadelphia 76ers e no aguardado confronto contra o Boston Celtics.

Na série decisiva do Leste, estarão em quadra os vencedores dos últimos três prêmios de melhor jogador da temporada (MVP). Principal nome do Chicago, Derrick Rose ficou com o troféu em 2011. Já LeBron James, astro do Heat, levou a honraria nos dois campeonatos passados.


(1º) CHICAGO BULLS x MIAMI HEAT (2º)
Confronto direto na temporada: 3 a 0 para o Chicago

Getty Images
Últimos MVPs (melhores jogadores), Rose (com a bola) e LeBron James se encaram na final do Leste

CHICAGO BULLS

Campanha: 62 vitórias e 20 derrotas
Playoffs: Vitória por 4 a 1 contra o Indiana Pacers e 4 a 2 contra o Atlanta Hawks
Quinteto inicial: Derrick Rose, Keith Bogans, Luol Deng, Carlos Boozer e Joakim Noah
Técnico: Tom Thibodeau
Destaque na temporada: Derrick Rose, com médias de 25 pontos, 7,7 assistências e 4,1 rebotes por jogo.
Destaque nos playoffs: Derrick Rose, com médias de 28,8 pontos, 8,2 assistências e 4,5 rebotes por jogo.
Curiosidade: A defesa do Chicago tem melhorado seguidamente. A média de pontos sofridos caiu de 91,3 durante o campeonato para 90,2 na série contra o Indiana. Após o duelo contra o Atlanta, o desempenho é de 87,7 pontos cedidos. O número é o melhor entre as equipes que permanecem vivas na briga pelo título. Rose é outro ponto forte. O jogador é o cestinha dos playoffs.

MIAMI HEAT
Campanha: 58 vitórias e 24 derrotas
Nos playoffs: Vitórias sobre o Philadelphia 76ers e Boston Celtics por 4 a 1
Quinteto inicial: Mike Bibby, Dwyane Wade, LeBron James, Chris Bosh e Joel Anthony
Técnico: Erik Spoelstra
Destaque: LeBron James, com médias de 26,7 pontos, 7,5 rebotes e 7,0 assistências por jogo.
Destaque nos playoffs: LeBron James, com médias de 26,1 pontos, 9,4 rebotes e 4,9 assistências por jogo.
Curiosidade: O Miami é a única equipe com dois entre os dez principais cestinhas dos playoffs. Wade é o quinto com 26,2 pontos de média e James aparece em sexto 0,1 ponto abaixo de seu companheiro. Com o auxílio de Chris Bosh, o trio de estrelas do Heat faz 72% da pontuação média do time da Flórida.

Histórico: Chicago chega à sua primeira final de conferência desde a "Era Jordan". Bulls busca o sétimo título da história da franquia. Já o Miami retorna à decisão após a conquista do titulo conquistado em 2006.

Em jogos de playoffs o domínio do Chicago sobre o Miami é amplo. São 16 vitórias em 21 partidas de pós temporada. Foram cinco séries e o Bulls venceu quatro delas. O último embate aconteceu em 2007. A equipe da Flórida foi "varrida" por 4 a 0 na primeira rodada.
 

Leia tudo sobre: Chicago BullsMiami HeatDerrick RoseLeBron James

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG