Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Para Thibodeau, Bulls permitiu que Chris Bosh ganhasse confiança

Técnico acha que sua equipe deu muito espaço para ala-pivô do Miami Heat, que anotou 34 pontos na vitória por 96 a 85

iG São Paulo |

Chris Bosh foi o grande destaque da vitória do Miami Heat na terceira partida das finais da Conferência Leste contra o Chicago Bulls, por 96 a 85. O ala-pivô anotou 34 pontos e foi um assunto muito discutido na entrevista do técnico Tom Thibodeau, do Bulls, após o jogo.

“Eu achei que Bosh foi extraordinário desde o início do confronto”, disse o treinador. “E também acho que permitimos que ele ganhasse confiança cedo. Demos muito espaço. Não o contestamos apropriadamente. Então, ele teve uma grande noite”.

Depois de ter recebido várias críticas pelas más atuações na série contra o Boston Celtics, o atleta conseguiu recuperar e é o cestinha do Heat nas finais de conferência com média de 24,7 pontos por partida.

Muitos acreditam os espaços para Bosh dentro de quadra são criados pela preocupação das defesas com LeBron James e Dwayne Wade. Mas, para Thibodeau, isso não é desculpa para as falhas defensivas. “Obviamente, temos que nos comprometer com Wade e James, mas isso não nos absolve de cobrir os outros jogadores também” afirmou. “Você precisa ter a mentalidade para realizar múltiplos esforços”.

Além disso, o técnico vê o ala-pivô como mais do que o terceiro jogador de um time com dois astros: “Ele é muito mais do que um terceiro cestinha. É muito habilidoso, possui bom jogo de costas e de frente para a cesta. E ter deixado que ganhasse confiança dificultou muito o nosso trabalho”.

Thibodeau e o Bulls terão mais uma oportunidade de tentar parar Bosh e o Heat na próxima terça-feira, quando as duas equipes entram em quadra para a quarta partida do confronto pelo título de conferência. O time da Flórida lidera por 2 a 1.
 

Leia tudo sobre: nbaplayoffschicago bullsmiami heat

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG