Rick Carlisle afirma que o legado que vem sendo deixado pelo ala-pivô alemão é digno dos maiores jogadores de todos os tempos

Dirk Nowitzki tem sido o líder do Dallas Mavericks na última década. Nesta temporada, o ala-pivô liderou o time à terceira final de conferência desde sua chegada e ganha força como um dos maiores jogadores da história da franquia. No entanto, para o treinador Rick Carlisle, o legado do alemão vai ainda mais longe.

“Na minha opinião, ele é um dos 10 melhores da história da NBA por seu jogo singular e pela forma como carrega esta franquia por uma década”, disse Carlisle, que completa três anos no comando do Mavericks nesta segunda-feira.

Nowitzki tem média superior a 20 pontos por jogo há 11 temporadas consecutivas. Em todas, o time de Dallas conseguiu mais de 50 vitórias e foi aos playoffs. Em 2007, o atleta teve a carreira coroada recebendo o prêmio de MVP (melhor jogador).

“Quando ele está em quadra sentimos que podemos vencer qualquer time”, falou Carlisle após a vitória por 122 a 86 sobre o Los Angeles Lakers e a classificação para as finais da conferência Oeste .

Com 22.792 pontos, Nowitzki é o 23º maior pontuador da história da liga. Em playoffs, o alemão é um dos quatro jogadores com médias de 25 pontos e dez rebotes por jogo.

Para se igualar aos maiores de todos os tempos, a única coisa que parece faltar ao ala-pivô é um título da NBA. “Este é o objetivo que o impusiona”, disse o presidente de operações do Mavericks, Donnie Nelson.

O jogador liderou Dallas até a decisão em 2006, mas foi derrotado em seis partidas pelo Miami Heat. Na época, a equipe da Flórida tinha o pivô Shaquille O’Neal e era treinada por Pat Riley.

Na busca por alcançar a segunda final na carreira, Nowitzki e o Mavericks aguardam o vencedor da série entre Oklahoma City Thunder e Memphis Grizzlies. Neste momento, o confronto está 2 a 1 para o time do ala-pivô Zach Randolph .

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.