Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Para técnico do Chicago Bulls, "agora é questão de vontade"

Tom Thibodeau não aposta mais em conversas motivacionais e pede esforço absoluto para que seu time supere o Miami Heat

iG São Paulo |

O Chicago Bulls já disputou 95 jogos em sete meses de temporada 2010/11. Após tantos desafios superados, o treinador Tom Thibodeau vê seu time tem necessitando da força e da vontade que já mostrou anteriormente para recuperar a vantagem de mando de quadra e vencer o confronto final da Conferência Leste contra o Miami Heat.

Getty Images
Thibodeau pede 'esforço absoluto' a jogadores do Bulls
“Seus pontos fortes e fracos como um time não vão mudar, então tudo se resumirá em quão duro e bem você pode jogar”, afirmou Thibodeau, escolhido melhor técnico da temporada . “Durante uma partida, você vai enfrentar várias situações diferentes e precisa ser capaz de passar por tudo isso”.

Depois de vencer o primeiro jogo da série com autoridade por 103 a 82 , anulando os principais jogadores do adversário, o Bulls viu sua vantagem ser derrubada na partida seguinte. O Heat “roubou” o privilégio de decidir a série em casa com um triunfo fora de casa por 85 a 75 .

“Se você ainda depende de conversas motivacionais como preparação nesta altura da competição, alguma coisa está errada”, disse o técnico. “Para mim, agora são os hábitos o que mais contam, tudo que foi construído ao longo da temporada. A habilidade de estar concentrado durante o jogo e preparado para a próxima jogada, não importa o que acontecer”.

O aproveitamento nos arremessos de quadra foi um dos pontos negativos do Bulls no segundo jogo da série. A equipe acertou apenas 34,1% de suas tentativas em comparação com 43,0% no restante dos playoffs. Porém, para Thibodeau, não são os arremessos que decidirão a série para um ou outro lado.

“Eu penso que a segunda partida foi muito brigada”, falou o treinador. “Esta é uma liga de acertos e erros, uns arremessos caem e outros não. Mas nossa defesa precisa ser ótima. Precisamos pegar rebotes consistentemente. Fazer um grande esforço. Agora é questão de vontade”.

Se depender do retrospecto nos playoffs, o Bulls pode esperar uma boa atuação na terceira partida contra o Heat, que acontece neste domingo. Depois das três derrotas que sofreu nesta pós-temporada, Chicago recuperou-se com vitórias por dois dígitos de diferença logo em seguida. Além disso, o time não perde dois jogos consecutivos desde o início de fevereiro.

 

Leia tudo sobre: Tom ThibodeauChicago Bulls

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG