Joe Bryant assume o comando do Los Angeles Sparks pela segunda vez na carreira. Ele era assistente da franquia desde março

A família do astro Kobe Bryant está em festa. O pai do jogador, Joe “Jellybean” Bryant, foi efetivado ao cargo de treinador do Los Angeles Sparks, franquia da WNBA, na noite deste domingo. O anúncio foi feito pela gerente geral da franquia, Penny Toler.

Bryant era assistente técnico da equipe desde março e vai substituir Jennifer Gillom. É a segunda vez que ele assume o comando do Sparks, que já ocupado entre agosto de 2005 e abril de 2007. No período, o ex-atleta conquistou 29 vitórias e perdeu apenas dez jogos.

“A familiaridade de Joe com a organização nos coloca na melhor posição possível para competir em um futuro próximo e faz com que a transição seja tranquila”, afirmou Toler. “Respeitamos o comprometimento de Jennifer com a equipe e entendemos que enfrentou várias contusões. Mas, dito isso, vencer jogos no início do ano é fundamental e nosso objetivo continuar ser campeãs”.

O trabalho de Bryant não será fácil. Atualmente, o Sparks é o penúltimo da Conferência Oeste, com quatro vitórias e seis derrotas. Para reverter a situação, o pai de Kobe ainda não poderá contar com a estrela do time, Candace Parker, que se recupera de uma contusão no joelho.

Embora lamente a saída da amiga do comando da equipe e não conte com a ajuda da melhor jogadora, Bryant acredita que é possível dar a volta por cima e conquistar vitórias com o grupo que o Sparks possui.

“Eu adorei trabalhar com Jennifer e nunca é fácil substituir uma amiga e respeitável colega de profissão”, disse. “O mais importante, porém, é que o elenco não mudou e nós temos o grupo certo de atletas para ser um time de sucesso na WNBA”.

Escolha de primeira rodada no “NBA Draft” de 1975, Bryant teve carreira de oito anos no basquete norte-americano e, depois, jogou em várias equipes da Europa. Ainda criança e acompanhando o pai pelo mundo, Kobe teve a oportunidade de assistir o ídolo brasileiro Oscar Schmidt jogar e se tornou um grande fã do “Mão Santa”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.