Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Ourinhos recebe Americana e quer acabar com invencibilidade do rival

Jogo será exibido ao vivo pelo SporTV. Rodada é marcada também pelo clássico entre Santo André e São Caetano

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882508594&_c_=MiGComponente_C

Um clássico valendo a liderança e um duelo regional são os destaques da sétima e última rodada do primeiro turno da LBF (Liga de Basquete Feminino) marcada para este sábado. Às 12h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo SporTV, Ourinhos colocará em risco a liderança e a invencibilidade de Americana. À noite, em seu ginásio, Santo André recebe São Caetano. Antes, às 16h, Catanduva recepcionará o Basquete Clube de Araçatuba e, em partida com início marcado para as 17h, Joinville abrirá as portas de casa para receber Mangueira.

Em Ourinhos, o time da casa e o Americana devem fazer uma das melhores partidas desta primeira fase da LBF. Com cinco títulos brasileiros desde 2004 e ainda mantendo um grupo forte, o time dirigido por Urubatan Paccini ameaça a longa série de 18 jogos sem derrota das meninas orientadas por Luiz Augusto Zanon.

Embora reconheça o poderio do adversário, Paccini deixa clara as "más intenções" com que vai encarar Americana. "Sempre digo para o grupo que é fundamental ganhar todos os jogos em nossa quadra", afirmou.

Zanon, por sua vez, não esconde o respeito pelas adversárias que conhece muito bem. Sabe que terá pela frente um time veloz e de boa estatura e que até agora tem se mostrado imbatível em seus domínios.

Por isso, avisou suas jogadoras para "esfriar" o ímpeto das anfitriãs. "Segurando o jogo delas e conservando o equilíbrio emocional, nossas chances aumentam", disse.

Pelo retrospecto das equipes até o momento, Santo André leva favoritismo sobre São Caetano no encontro que fechará a programação da LBF neste sábado. O time da treinadora Laís Elena tem quatro vitórias, duas derrotas e, com 66,7% de aproveitamento, ocupa a quarta posição da tabela.

São Caetano, em contrapartida, vem fazendo uma campanha abaixo das expectativas do técnico Norberto Borracha. O treinador, no entanto, acredita que o crescimento da equipe será inevitável. "Temos potencial para jogar muito mais do que jogamos até agora", disse.

Outra equipe ainda na briga pelo título "moral" do turno é Catanduva. Com apenas uma derrota, exatamente para Americana, a equipe do treinador Edson Ferretto poderá manter a perseguição às líderes caso passe pelo Basquete Clube. As meninas de Araçatuba esperam apresentar o mesmo rendimento da vitória sobre São Caetano e endurecer a parada para uma das principais potências da LBF.

Em Santa Catarina, Joinville e Mangueira tentarão escapar das últimas colocações numa partida que deverá ser pautada pelo equilíbrio.


A classificação da LBF após seis rodadas está assim:

1º) Americana: 6-0 (100%)
2º) Catanduva: 4-1 (80%)
3º) Ourinhos: 4-1 (80%)
4º) Santos André: 4-2 (66,7%)
5º) Mangueira: 2-4 (33,3%)
6º) São Caetano: 1-5 (16,7%)
7º) Basquete Clube: 1-5 (16,7%)
8º) Joinville: 1-5 (16,7%)

 

Leia tudo sobre: basquete - nacional feminino

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG