Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Oscar Schmidt recebe alta após cirurgia no cérebro

Ídolo foi liberado após biópsia comprovar que tumor retirado da região era benigno. Ex-jogador está em plena recuperação

iG São Paulo |

Getty Images
Oscar é um dos maiores nomes da história do basquete brasileiro e mundial
Oscar Schmidt, um dos maiores jogadores da história do basquete brasileiro, recebeu alta do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta quinta-feira. O ídolo estava internado desde o último dia 24 e foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor no cérebro .

O exame de biópsia realizado nos últimos dias confirmou que o nódulo retirado é benigno e, por isso, não exigirá tratamento complementar. Segundo boletim médico liberado no início da tarde desta quinta-feira, Oscar está “muito bem, em plena recuperação”.

O ex-jogador já havia falado com o iG na última sexta-feira e demonstrado bom humor. “A cirurgia foi grande, mas estou muito animado”, disse. “Aliás, ela está me fazendo muito bem, porque estou menos ranzinza”.

Oscar, de 53 anos, é atual comentarista da Rede Record de Televisão. Como jogador, é o recordista de pontuação de todos os tempos com um total de 49.703 pontos marcados ao longo de 32 anos de carreira.

No Brasil, jogou com as camisas do Palmeiras, Sírio, Corinthians, Barueri e Flamengo. Na Europa, defendeu no Caserta, da Itália, e no Valladolid, da Espanha.

Em quadra, o ex-atleta comandou a seleção brasileira no maior feito do nosso basquete: a vitória diante dos EUA na final dos Jogos Pan-Americanos de 1987, em Indianápolis, por 120 a 115. Na oportunidade, Oscar anotou 47 pontos.

Esta foi a primeira vez que uma seleção norte-americana foi derrotada e sofreu mais do que cem pontos dentro de casa.
 

Leia tudo sobre: Oscar Schmidt

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG