Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Orlando é derrotado fora de casa pelo Oklahoma City

Com 39 pontos e 18 rebotes, Dwight Howard teve grande exibição, mas não conseguiu evitar derrota do Magic diante do Thunder

iG São Paulo |

O Orlando Magic visitou o Oklahoma City Thunder nesta quinta-feira e foi superado por 125 a 124, num confronto muito equilibrado e decidido somente nas últimas jogadas.

A equipe da Flórida sofreu a sua segunda derrota seguida. Na noite anterior, havia sido batido pelo New Orleans Hornets por 92 a 89. Antes disso, a equipe atravessou uma série de nove vitórias consecutivas.

Dwight Howard, mais uma vez, foi o principal jogador do Orlando em quadra. O pivô foi o cestinha da partida com 39 pontos e ainda capturou 18 rebotes. O ala Jason Richardson e o ala-armador J.J. Redick contribuíram com 19 e 18 pontos, respectivamente.

Mas os dois jovens astros do Oklahoma City levaram a equipe da casa à quarta vitória seguida. O ala Kevin Durant acertou 13 dos 17 arremessos que tentou e marcou 36 pontos. Já Russell Westbrook alcançou um “triple-double”: foram 32 pontos, 13 assistências e dez rebotes para o armador.

AP
Dwight Howard tenta passar pela marcação de Serge Ibaka. Pivô foi o cestinha da noite

Apesar do ótimo rendimento de Howard, o Thunder foi melhor nos rebotes: apanhou 42, contra 36 do Magic. Além disso, teve um aproveitamento nos arremessos de 56,4%, ao passo que o rival converteu apenas 45,6% dos seus tiros.

Os mandantes marcaram os quatro primeiros pontos da partida e seguiram na liderança durante todo o confronto. Apesar de ter vencido no final por apenas um ponto, o Oklahoma City não esteve em desvantagem em nenhum momento da disputa e nem sequer permitiu que o Orlando igualasse o marcador.

Ao final do primeiro tempo, o Thunder vencia por 64 a 60. O time permaneceu controlando o jogo na segunda metade e chegou a abrir 12 pontos (98 a 86) depois de uma cesta de Thabo Sefolosha logo no início do quarto período. Mas o Magic reagiu na reta final e se aproximou de forma bastante ameaçadora no placar.

Um arremesso certeiro de Jameer Nelson com 32 segundos restantes para o encerramento da partida deixou os visitantes a dois pontos do empate (121 a 119). Mas as chances de reviravolta diminuíram consideravelmente depois que Kevin Durant finalizou a posse de bola seguinte do Thunder com cesta. O Orlando bem que tentou, mas os mandantes não deixaram o triunfo escapar.

Leia tudo sobre: orlando magicoklahoma city thundernba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG