Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Orlando bate o Houston e chega à oitava vitória consecutiva

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Magic deslanchou durante o terceiro quarto e garantiu o resultado positivo sem sustos

iG São Paulo |

Ninguém consegue parar o Orlando Magic. Nesta sexta-feira, a equipe da Flórida venceu dentro de casa o Houston Rockets por 110 a 95 e chegou ao seu oito jogo consecutivo de invencibilidade.

Jason Richardson teve um desempenho quase perfeito nos arremessos e foi o destaque do Orlando. Dos oito arremessos que tentou, o ala acertou sete – sendo quatro deles de longa distância – e anotou 18 pontos. O ala-pivô Brandon Bass teve esta mesma pontuação e pegou nove rebotes. Já o pivô Dwight Howard somou 13 pontos e 11 rebotes.

Apesar de não ter conseguido comandar o Houston à vitória, o ala-armador Kevin Martin foi o cestinha da partida com 27 pontos. O ala-pivô argentino Luis Scola, por sua vez, marcou 14 pontos e pegou cinco rebotes.

O Orlando acertou 51,7% dos seus arremessos. Além da boa pontaria, o time da casa foi bastante superior em relação ao seu adversário nos rebotes: capturou 48, contra somente 35 do Rockets.

AP
Dwight Howard briga pelo rebote, um dos 11 que capturou durante a partida

Os visitantes anotaram sete dos nove primeiros pontos da partida, mas o time da casa não demorou para reagir e equilibrar as ações. Durante os dois primeiros quartos, as duas equipes se revezaram muito na liderança do marcador.

O Magic dava sinais de que começaria a deslanchar quando abriu sete pontos (53 a 46) a um minuto e meio do intervalo, após J.J. Redick ter acertado um tiro de longa distância. Mas o inspirado Martin, que fez 19 pontos na primeira metade, marcou duas cestas seguidas e cortou a desvantagem dos texanos para somente uma posse de bola no intervalo (53 a 50).

Mas a partida fugiu do controle do Houston de maneira definitiva no terceiro quarto. Com uma sequência de 17 pontos consecutivos durante o período, o Orlando disparou na liderança. Os visitantes não tiveram mais forças para reagir. O máximo que conseguiram foi reduzir um pouco a desvantagem, que chegou a ser de 22 pontos, e tornar a derrota menos elástica.

Leia tudo sobre: orlando magichouston rocketsnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG