Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Olivinha faz aniversário e comemora boa fase nas quadras

Ala-pivô é um dos destaques do Pinheiros e sonha com vaga na seleção brasileira para a disputa do Pré-Olímpico na Argentina

iG São Paulo |

O ala-pivô Olivinha Nascimento faz aniversário nesta segunda-feira. O jogador do Pinheiros completa 28 anos de idade comemorando a boa fase que atravessa profissionalmente.

“Realmente as coisas estão caminhando muito bem nos últimos três anos, mas este está sendo ainda melhor”, conta o atleta. “Tenho conseguido render meu máximo, ajudando o Pinheiros a chegar aos seus objetivos”.

Com a contribuição de Olivinha, o Pinheiros conseguiu vencer o quadrangular do Torneio Interligas disputado em Franca ao longo deste último final de semana. Em sua estreia em competições internacionais, o time da capital paulista decidirá o título dentro de casa contra o Obras Sanitarias, da Argentina, na quinta-feira.

Pelo NBB, Olivinha acumulou médias de 17,9 pontos e 8,9 rebotes por partida durante a primeira fase. Foi um dos grandes responsáveis pela boa campanha realizada pelo Pinheiros, que aguarda a definição das oitavas de final para conhecer o seu adversário na fase seguinte.

“Isso é resultado dos treinamentos diários que faço ao lado dos meus companheiros e sob o comando do técnico João Marcelo Leite, além de toda a estrutura oferecida pelo clube”, disse. “É um incentivo seguir trabalhando e buscando coisas ainda maiores na sequência da minha carreira”.

A boa fase permite ao atleta sonhar com objetivos ainda maiores, que vão além das conquistas com o Pinheiros. A meta é manter o nível das atuações que vem desempenhando ultimamente para assegurar uma vaga na seleção brasileira, que disputará o Pré-Olímpico na Argentina entre os meses de agosto e setembro deste ano.

“Estou me esforçando bastante nos jogos e treinamentos, sempre objetivando ser chamado pelo (Rubén) Magnano, pois vestir a camisa da seleção brasileira é motivo de orgulho”, afirmou. “A expectativa é estar no grupo inicial e depois brigar para ficar entre os 12”.

Leia tudo sobre: nbbolivinha nascimento

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG