Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Oklahoma supera Sacramento com muita facilidade

Equipe até se deu o luxo de poupar grandes astros como Durant e Westbrook. Memphis também dominou

iG São Paulo |

Mesmo com a noite “apagada” de Kevin Durant, o Oklahoma City Thunder massacrou o Sacramento Kings por 126 a 96, jogando em casa nesta terça-feira.

O astro do Thunder fez apenas 17 pontos, pouco para o maior pontuador da temporada com média de 29,1 por partida. Para compensar a atuação abaixo da média de Durant, muitos outros atletas tiveram boa pontuação: Daeguan Cook (20), Nenad Krstic e Jeff Green (16) e Serge Ibaka (15).

DeMarcus Counsins, que ficou de fora da vitória do Kings em cima do Phoenix Suns no domingo, por causa de uma briga com o companheiro Donté Greene, começou no banco. O novato jogou por 27 minutos e foi o cestinha do time com 21 pontos. Ele ainda apanhou 13 rebotes.

O Sacramento é o vice-lanterna da Conferência Oeste com apenas 13 vitórias. O Thunder ocupa a quarta colocação e chegou a 35 triunfos na temporada.

A baixa pontuação de Durant pode ser explicada pela facilidade com a qual sua equipe venceu o jogo. A equipe assumiu a liderança do placar logo no primeiro arremesso e não deixou os visitantes sequer almejarem a possibilidade de uma virada. Com isso o atleta foi poupado e ficou e quase não apareceu em quadra na segunda metade.

Memphis domina Philadelphia e vence com facilidade

Liderando o placar desde o começo do jogo o Memphis Grizzlies passou fácil pela visita do Philadelphia 76ers nesta terça feira: 102 a 91.

Mike Conley foi o cestinha do Grizzlies com 22 pontos, mas Zach Randolph com 21 pontos, dez rebotes e sete assistências foi o maior destaque da equipe.

Pelo Sixers, Thaddeus Young saiu do banco e fez 23 pontos. Elton Brand com 13 e Jrue Holiday com dez pontos foram os únicos outros a atingirem os dois dígitos pela franquia.

Os donos da casa chegaram a ter 18 pontos de vantagem logo no primeiro quarto, mas deixaram o Philadelphia encostar nos períodos seguintes e deixar a diferença em apenas dois pontos: 77 a 75. No entanto, o último quarto arrasador garantiu a vitória tranquila
 

Leia tudo sobre: NBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG