Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Oklahoma City Thunder vence Phoenix na prorrogação

Com boa atuação de Russell Westbrook equipe bateu o Suns no tempo-extra após ser dominada nos três primeiros períodos

iG São Paulo |

O Oklahoma City Thunder precisou de prorrogação, mas conseguiu um importante triunfo na noite deste domingo. Jogando em casa e com Russell Westbrook inspirado, a equipe bateu o Phoenix Suns por 122 a 118 e conseguiu a terceira vitória consecutiva na temporada.

Westbrook anotou 32 pontos e comandou a virada do Thunder. O time de Oklahoma ficou atrás no marcador durante os três primeiros períodos, mas reagiu, empatou o jogo e foi mais eficiente na prorrogação. Foi o 39º triunfo da equipe em 61 jogos na temporada. O desempenho classifica a equipe como a quarta melhor da Conferência Oeste.

Já o Phoenix amargou o 29º revés e perdeu a chance de entrar para a zona de classificação do Oeste. Os 29 pontos de Vince Carter não foram suficientes para dar ao time do Arizona a 33ª vitória na temporada.

O jogo

O Phoenix começou melhor o jogo mesmo atuando fora de casa. O time do Arizona chegou a abrir sete pontos de vantagem ainda no primeiro quarto. Entretanto, o Thunder melhorou comandado por Serge Ibaka. O jogador anotou 13 pontos no período e comandou a virada dos anfitriões. O confronto ficou equilibrado e os visitantes ainda tiveram força para terminar os 12 minutos iniciais com 28 a 25 no placar.

AP
Vince Carter tenta arremesso
O equilíbrio no começo do segundo quarto manteve o Phoenix no controle do placar embora sem conseguir ampliar o conforto no marcador. Apenas no minuto final do primeiro tempo com duas cestas de três pontos de Vince Carter é que o Suns conseguiu abrir sete pontos de vantagem. Contudo, James Harden também converteu um tiro de longa distância a favor do Oklahoma e levou o jogo para o intervalo com 61 a 57 para os visitantes.

O Thunder começou melhor o segundo tempo e empatou a partida em 72 na primeira metade do terceiro quarto. No entanto, o Suns reagiu e seguiu mantendo o controle do placar durante o restante do período.

O controle do Phoenix durante toda a partida deixou de existir no último período. O ataque falhou e anotou apenas seis pontos nos oito minutos iniciais do quarto decisivo. O Oklahoma aproveitou para virar o placar e abrir sete pontos de vantagem com quatro minutos para o final.

Comandado por Carter, o Phoenix conseguiu reagir e chegou ao minuto final apenas um ponto atrás no placar (107 a 106). No entanto, um erro do armador Steve Nash deu a chance do Oklahoma abrir três de vantagem nos segundos finais. Carter corrigiu o erro do companheiro e empatou o duelo. Kevin Durant ainda teve uma chance de desempatar para o Thunder, mas falhou e a partida foi para a prorrogação.

Rapidamente o Thunder abriu quatro pontos de vantagem logo no começo do tempo-extra. No entanto, o ataque parou de funcionar e o Phoenix chegou ao minuto final liderando em virtude de uma cesta de três pontos de Vince Carter.

James Harden e Russell Westbrook recolocaram o Oklahoma em vantagem de dois pontos com 20 segundos para o final do jogo. Carter tentou outra bola de três para o Phoenix e sofreu a falta. O jogador errou duas das três tentativas e o Thunder aproveitou as faltas que recebeu para sacramentar o triunfo.

Cleveland perde mais uma

O Cleveland Cavaliers amargou mais uma derrota na temporada. O pior time da NBA neste campeonato foi superado em casa pelo New Orleans Hornets por 96 a 81 neste domingo e conheceu seu 50º revés.

Melhor equipe da fase de classificação da última temporada, o Cleveland segue a passos largos para amargar a pior campanha deste ano. Primeiro a conseguir 50 triunfos no último campeonato, o Cavaliers é agora o primeiro a atingir a marca negativa de 50 derrotas.

O responsável por mais um resultado negativo do Cleveland foi o New Orleans. Mesmo jogando fora de casa, a equipe venceu o Cavaliers com tranquilidade para cravar o 37º triunfo em 65 jogos. O Hornets é o sétimo colocado na Conferência Oeste.

David West foi o principal cestinha do jogo com 23 pontos. Pelo lado do Cleveland, o recém-contratado armador Baron Davis foi o principal pontuador com 17.
 

Leia tudo sobre: Kevin DurantVince CarterRussell Westbrook

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG