Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Oklahoma City supera o Portland fora de casa após tempo-extra

Kevin Durant e Russel Westbrook anotaram 28 pontos cada e comandaram o terceiro triunfo do Thunder

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861947660&_c_=MiGComponente_C

Fábio Sormani: Acesse o blog e leia sobre o início da temporada
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • O jogo que encerrou a rodada desta quinta-feira na NBA só teve seu vencedor definido após prorrogação. E quem comemorou a vitória foi o Oklahoma City Thunder, que bateu o Portland Trail Blazers por 107 a 106 dentro do ginásio do adversário.

    O Oklahoma City contou com ótimas apresentações dos seus principais jogadores para chegar ao resultado positivo. Isso porque tanto o ala Kevin Durant como o armador Russel Westbrook registraram double-double: foram 28 pontos e 11 rebotes para o primeiro e 28 pontos e 11 assistências para o último. Já o ala Jeff Green contribuiu com 19 pontos e nove rebotes.

    AP
    Kevin Durant tenta manter a posse de bola diante da marcação de Brandon Roy

    O principal destaque do Portland foi o ala-pivô LaMarcus Aldridge, que marcou 22 pontos. O pivô Marcus Camby acertou seis dos sete arremessos que tentou e somou 13 pontos, além de 12 rebotes. O armador Andre Miller contribuiu com 16 pontos e 11 assistências.

    O ataque do Blazers mostrou-se bem mais solidário, pois distribuiu 27 assistências durante o jogo, contra somente 12 do adversário. Porém, o Thunder foi melhor nos rebotes: 47 a 38.

    Os mandantes largaram na frente ao anotar sete dos nove primeiros pontos da noite e seguiram na liderança pelo restante do período inicial. Mas o Portland assumiu o comando do jogo em seguida: anotou 35 pontos no segundo quarto e foi para os vestiários vencendo por 58 a 51.

    Com os seis primeiros pontos do terceiro período, o time local deixou a sua superioridade no marcador ainda maior (64 a 51). Porém, o Thunder não deixou o adversário disparar e voltou a empatar o jogo (81 a 81) quando anotou os seis primeiros pontos do último quarto.

    A partida seguiu imprevisível na medida em que se aproximava dos instantes decisivos. O placar apontava empate em 98 pontos quando restavam 18 segundos para o fim. A bola estava nas mãos de Andre Miller, que fez uma bandeja e colocou o Portland na liderança. Mas uma cesta de tapinha de Serge Ibaka, logo no ataque seguinte, devolveu a igualdade ao jogo.

    Roy ainda tentou dar a vitória ao Blazers com um arremesso no estouro do cronômetro. Mas não deu certo: a bola arremessada não caiu e o jogo precisaria de mais cinco minutos para ter o seu vencedor definido.

    A prorrogação foi marcada por um festival de erros das duas partes, que sofriam para movimentar o marcador. No fim, comemorou a vitória quem errou menos. E essa equipe foi o Thunder, que conseguiu liderar durante todo o tempo extra.

    Leia tudo sobre: basquete - nba

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG