Thunder bate Los Angeles Clippers dentro de casa, apesar da ótima apresentação de Blake Griffin. Minnesota perde do Phoenix

O Oklahoma City Thunder jogou dentro de casa contra o Los Angeles Clippers e venceu por 112 a 108. O resultado positivo desta quarta-feira garante o título da Divisão Noroeste. A equipe tem campanha de 52 vitórias em 78 jogos e ocupa a quarta posição da Conferência Oeste.

Os dois astros do Thunder tiveram ótima apresentação. O ala Kevin Durant anotou 29 pontos e pegou sete rebotes, enquanto o armador Russell Westbrook somou 26 pontos, sete rebotes e sete assistências. Já o pivô Kendrick Perkins marcou somente cinco pontos, mas pegou 17 rebotes.

O grande destaque individual da partida deixou a quadra derrotado. Trata-se do ala-pivô calouro Blake Griffin, dono de 35 pontos, 11 rebotes e seis assistências. Quem também apareceu bem pelo Clippers no confronto foi o armador Mo Williams, com 16 pontos e nove assistências.

Os visitantes começaram melhor o jogo e abriram 24 a 14 no marcador quando restavam pouco mais de três minutos no primeiro quarto. Mas Kevin Durant respondeu anotando sete pontos consecutivos e comandou a reação do Thunder, que voltou a equilibrar as ações.

Comandado pelo ala Serge Ibaka, o Oklahoma City marcou os sete últimos pontos do segundo período e encerrou a primeira metade liderando por 58 a 53. Melhor postado em quadra no retorno dos vestiários, a equipe local seguiu se distanciando chegou a abrir 12 pontos (89 a 77) depois de dois lances livres certeiros de James Harden na abertura do último período.

O Clippers não se deu por vencido e conseguiu uma reaproximação na reta final. O time perdia por apenas três pontos (108 a 105) quando restavam 14 segundos e tinha a posse da bola. Antes que fosse arriscado um tiro de longa distância, uma falta foi cometida em cima de Blake Griffin. Mas o calouro converteu apenas um dos dois lances livres que arremessou.

O lance acabou por definir a partida, pois o Thunder não deu mais chances para que o adversário empatasse o jogo nos segundos finais e assegurou a vitória.

Phoenix estende má fase do Minnesota

O Phoenix Suns venceu fora de casa o Minnesota Timberwolves por 108 a 98 nesta quarta-feira. O resultado estende a série de jogos sem vitória do time de Minneapolis para 12 partidas.

O grande destaque do Phoenix no jogo foi o pivô polonês Marcin Gortat, com 20 pontos e 16 rebotes. O armador Aaron Brooks e o ala-pivô Hakim Warrick, ambos reservas, contribuíram com 19 e 17 pontos, respectivamente.

Pelo Minnesota, ninguém brilhou mais do que o ala Michael Beasley, dono de 24 pontos e 11 rebotes. O ala Anthony Tolliver, que substituiu o lesionado Kevin Love no quinteto inicial, contabilizou dez pontos e nove rebotes.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.