Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Oberto pode sair da aposentadoria e jogar o Pré-Olímpico

Pivô argentino se aposentou em novembro do ano passado, logo após o Mundial da Turquia, mas cogita um retorno

iG São Paulo |

O ex-pivô Fabricio Oberto, que se aposentou em novembro do ano passado, pode cancelar a aposentadoria e reforçar a seleção argentina no Pré-Olímpico deste ano, realizado na própria Argentina em setembro.

Getty Images
Ex-jogador pode encerrar sua breve aposentadoria
Depois de sua participação no Mundial da Turquia com sua seleção, Oberto trocou o Washington Wizards pelo Portland Trail Blazers. Porém, após apenas quatro jogos com o novo time, Oberto sofreu tonteiras e palpitações no peito durante um jogo. Depois disso, ele decidiu aposentar-se.

Aos 35 anos, Oberto consultou médicos no Texas e conseguiu liberação para voltar com as atividades físicas. Ele tem treinado 35 minutos por dia e cogita voltar à seleção para o Pré-Olímpico de Mar del Plata, no segundo semestre deste ano.

"Por enquanto, estou calmo", afirmou Oberto. "Eu não tive dúvidas quando decidi me aposentar e não posso tê-las agora. Hoje, sou um ex-jogador, mas tenho o sonho de jogar o Pré-Olímpico. Espero que isso aconteça, mas não quero apressar nada e nem dar passos em vão".

Os dois melhores colocados no torneio garantem vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, no ano que vem. Com o título no Mundial da Turquia no ano passado, os EUA já têm vaga assegurada, tornando a anfitriã Argentina e o Brasil teoricamente favoritos às duas vagas.

O treinador dos "hermanos", Julio Lamas, já confirmou que contará com Manu Ginóbili (San Antonio Spurs), Carlos Delfino (Milwaukee Bucks), Andres Nocioni (Philadelphia 76ers), Luis Scola (Houston Rockets), Hernán Jasen (Estudiantes, da Espanha), Pablo Prigioni (Real Madrid, da Espanha) e Leonardo Gutierrez (Peñarol, da Argentina).

Leia tudo sobre: fibaargentinaobertoginobilinocioni

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG