Após derrota da equipe por mais de 40 pontos de diferença, armador Maher Souabni reconhece a superioridade da seleção brasileira

A Tunísia não ofereceu qualquer resistência à seleção brasileira neste sábado , em jogo válido pela última rodada da primeira fase do Mundial Sub 19 . Após sair de quadra derrotado por 41 pontos de diferença e eliminado da competição, a equipe africana reconheceu a atuação dominante do Brasil.

“Eles são um time muito forte e grande”, afirmou o armador Maher Souabni, cestinha da Tunísia na partida com 18 pontos. “A vitória se deu pela superioridade deles no jogo. Na hora que íamos definir as jogadas, não conseguimos e algo não funcionou hoje. Foi difícil para nós e o Brasil está de parabéns”.

O ataque foi o maior problema da Tunísia no confronto. Os 56 pontos produzidos na partida são reflexo de um aproveitamento nos arremessos de apenas 29%.

“Nós tivemos muitos problemas para chutar hoje”, disse o ala Sofian M’rad, dono de 13 pontos e cinco rebotes. “Infelizmente, não conseguimos pegar muitos rebotes por causa dos homens fortes de garrafão deles. Eles pegaram dez rebotes a mais do que a gente. Nossas penetrações não estavam dando certo, estava difícil superá-los”.

A seleção brasileira se classificou ao lado de Polônia e Rússia no Grupo A e segue na disputa pelo título mundial. Aos tunisianos, resta brigar contra Taipei, Coreia do Sul e China para não encerrar a competição em último.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.