Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Novamente desfalcado de Varejão, Cleveland é superado pelo Dallas

Antawn Jamison teve grande atuação, mas não conseguiu espantar a má fase do Cavaliers, que sofreu a sua sétima derrota consecutiva

iG São Paulo |

O Cleveland Cavaliers segue em péssima fase. Ainda sem poder contar com o brasileiro Anderson Varejão, a equipe recebeu a visita do Dallas Mavericks e foi batida por 104 a 95, chegando à sétima derrota consecutiva.

O resultado permitiu ao Dallas se reencontrar com a vitória, depois de ter perdido os seus três compromissos anteriores. Os alas Dirk Nowitzki e Caron Butler desfalcaram o time texano, mas seus substitutos deram conta do recado: Shawn Marion e DeShawn Stevenson anotaram 22 e 21 pontos, respectivamente. Já o pivô Tyson Chandler alcançou um “double-double”: marcou 14 pontos e apanhou 14 rebotes.

O ala Antawn Jamison foi o cestinha do jogo com 35 pontos e ainda pegou dez rebotes. Foi o grande destaque individual da partida, mas não conseguiu fazer com que o Cleveland se reencontrasse com a vitória. Além dele, o único jogador do time local que pontuou em duplo dígito foi o armador reserva Ramon Sessions, dono de 19 pontos e 12 assistências.

Equipe de pior campanha da Conferência Leste, que venceu apenas uma partida das 16 que realizou durante o mês de dezembro, o Cleveland entrou em quadra disposto a jogar de igual para igual contra um dos líderes do Oeste.

AP
Mo Williams sofre para vencer a forte defesa de Dominique Jones

Apesar de o Mavericks ter assumido a ponta do marcador logo no início do jogo, o Cavs manteve-se na cola do seu oponente e terminou o primeiro quarto apenas dois pontos atrás (27 a 25).

Os visitantes chegaram a abrir 15 pontos de superioridade (51 a 36) quando restavam quatro minutos para o fim da metade inicial, após uma bandeja de Chandler. Mas o Cleveland reagiu e conseguiu ir para os vestiários com desvantagem de apenas um dígito: 55 a 47.

Uma cesta seguida de um lance livre certeiro de Stevenson durante o terceiro quarto permitiu ao Mavericks abrir 76 a 59 no marcador. Os 17 pontos representavam sua maior vantagem no jogo até então. Daí em diante, o Cavs não chegou a ameaçar a vitória do oponente. A equipe do Texas manteve o controle da partida até o final e assegurou o triunfo sem grandes sustos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG