Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

No retorno de Dwight Howard, Orlando é derrotado por Atlanta

Magic contou com volta do pivô e mais dois jogadores, mas não conseguiu vencer o o Hawks dentro de casa

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882166318&_c_=MiGComponente_C

A volta de Dwight Howard não evitou a derrota do Orlando Magic para o Atlanta Hawks dentro de casa por 80 a 74. O pivô havia ficado de fora de duas partidas por causa de virose estomacal. Em sua volta às quadras, anotou um double-double: marcou 14 pontos e pegou 13 rebotes.

O Magic contou com a volta de mais dois jogadores recuperados de problemas estomacais: o ala Mickael Pietrus e o ala-armador J.J. Redick. O único que ainda não pôde estar à disposição do treinador Stan Van Gundy foi o armador Jameer Nelson. O líder de pontos da equipe foi o ala Vince Carter, que marcou 18 pontos e pegou oito rebotes. Já Redick contribuiu com 11.

Pelo Atlanta Hawks, Josh Smith e Al Horford fizeram  double-double. Eles anotaram 19 e 16 pontos e pegaram 13 e dez rebotes, respectivamente. O armador Jamal Crawford contribuiu com 15 pontos. No entanto foram os chutes de três de Mike Bibby nos momentos finais do terceiro e do último quarto que garantiram a vitória do Atlanta.

Essa foi apenas a sexta derrota do Orlando na temporada. A equipe venceu exatamente seis dos seus últimos oito jogos, curiosamente, mesmos números do Atlanta nas últimas oito partidas. Mas o Hawks já perdeu oito vezes no ano.

Getty Images
Josh Smith tenta passar por Vince Carter. Smith marcou 19 e Carter 18 pontos .

A partida foi apertada do começo ao fim, mas a qualidade dos arremessos foi baixa. Nenhuma das equipes conseguiu marcar mais de 20 pontos ou acertar mais de 38% dos chutes em cada um dos três primeiros quartos.

Os números do Orlando foram piores. Apenas 12 de 37 chutes foram convertidos, o que resulta em um aproveitamento de 32%, incluindo apenas dois acertos de 12 arremessos de três. Nivelado por baixo, os times foram para os vestiários com o jogo em 36 a 34 para o Atlanta, após conversão dos dois lances livres por Etan Thomas.

O terceiro quarto foi o único vencido pelo Magic, que chegou a deixar a ter três pontos de vantagem (50 a 47). Mas uma enterrada de Josh Smith fez com que o Atlanta fosse para o último quarto com o jogo em 54 a 53 a seu favor.

Faltando 40 segundos, Carter converteu a jogada de três pontos, com uma bandeja certeira e um lance livre correto. O lance fez com que o Magic diminuísse a diferença no placar para apenas três pontos (73 a 70). Mas o arremesso de três de Bibby a 26 segundos do encerramento do confronto garantiu a vitória ao time da Geórgia.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG