Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

New York bate Orlando na prorrogação e faz as pazes com a vitória

Comandado pelos 39 pontos e dez rebotes de Carmelo Anthony, Knicks supera Magic dentro de casa e interrompe série de derrotas

iG São Paulo |

Após seis derrotas consecutivas, o New York Knicks fez as pazes com a vitória na noite desta segunda-feira. Jogando dentro de casa, bateu o Orlando Magic na prorrogação por 113 a 106. De quebra, interrompeu uma invencibilidade do rival que já durava cinco jogos.

Carmelo Anthony teve atuação brilhante e foi quem liderou o New York à vitória. O ala foi o cestinha da partida com 39 pontos e ainda alcançou o “double-double” ao capturar dez rebotes.

Os dois outros astros do New York também apareceram de maneira positiva. O ala-pivô Amar’e Stoudemire marcou 20 pontos e pegou nove rebotes. Já o armador Chauncey Billups somou 17 pontos, seis rebotes e seis assistências.

Eleito melhor jogador da Conferência Leste da última semana, o pivô Dwight Howard foi a grande figura do Orlando no confronto, com 29 pontos e 18 rebotes. O ala Jason Richardson apareceu com 24 pontos, quatro assistências e quatro roubos de bola. Já o armador Gilbert Arenas, que substituiu Jameer Nelson (lesionado no joelho esquerdo) no quinteto inicial, contabilizou nove pontos e dez assistências.

O equilíbrio na partida foi tão grande que as equipes se revezaram 15 vezes na liderança do marcador e estiveram empatadas em outras 19 oportunidades. Além disso, nenhum dos times conseguiu disparar no placar.

O Orlando anotou os seis primeiros pontos da noite, mas não conseguiu abrir distância mais dilatada do que isso pelo restante do confronto. Já o New York teve sua maior liderança quando tinha 37 a 30 em seu favor no marcador, após dois lances livres de Stoudemire com pouco mais de seis minutos para o intervalo.

O jogo chegou à metade com os mandantes quatro pontos à frente (52 a 48). Apesar de ver o rival na sua cola o tempo todo, o Knicks parecia bem próximo da vitória após uma bandeja de Stoudemire a 1:20 minuto do fim que colocou a equipe seis pontos à frente (98 a 92).

Dois lances livres de Howard e uma cesta de três de Arenas fizeram o Magic encostar. Faltando dez segundos, o armador reserva Toney Douglas converteu um arremesso e deu aos mandantes três pontos de liderança (100 a 97). Mas Richardson acertou um tiro de longa distância no ataque seguinte e empatou o jogo para os visitantes.

O Knicks ainda tentou resolver a situação no tempo regulamentar, mas Carmelo Anthony errou os dois arremessos que tentou no fim e não conseguiu evitar a disputa da prorrogação. No tempo-extra, o fator casa pesou e o time nova-iorquino levou a melhor ao anotar dez dos 12 últimos pontos do confronto.

O próximo compromisso das duas equipes será na quarta-feira. O Orlando encara o Atlanta Hawks fora de casa. Já o New York recebe a visita do New Jersey Nets.

Leia tudo sobre: orlando magicnbanew york knicks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG