Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

New Orleans mostra poder de reação e bate Houston na prorrogação

Hornets se recuperou de um péssimo terceiro quarto e venceu no tempo-extra. Phoenix e Golden State venceram como mandantes

iG São Paulo |

O New Orleans Hornets viajou ao Texas para encarar o Houston Rockets na noite desta sexta-feira e levou a melhor por 115 a 110 na prorrogação graças à boa recuperação que teve no último quarto.

Os jogadores de garrafão foram os principais responsáveis pela vitória do New Orleans. O ala-pivô David West foi o cestinha da partida com 29 pontos e pegou nove rebotes – apesar de ter cometido sete desperdícios. Já o pivô Emeka Okafor somou 17 pontos e 15 rebotes.

Quem também registrou “double-double” pelos visitantes foi o ala Trevor Ariza, com 14 pontos e dez rebotes. Por outro lado, o armador Chris Paul, principal jogador do Hornets, teve atuação discreta: fez 11 pontos e deu oito assistências.

O melhor atleta do Houston foi o armador Kyle Lowry, dono de 28 pontos, sete assistências e seis rebotes. Seu companheiro de armação, Kevin Martin, também apareceu bem ao marcar 26 pontos. Outro destaque da equipe foi o ala-pivô argentino Luis Scola, que acumulou 14 pontos e 11 rebotes.

AP
David West ignora presença de Jared Jeffries e dá enterrada

O time texano parecia ter a partida sob controle no terceiro quarto, quando forçou o oponente a uma série de erros ofensivos. O ataque do Hornets marcou somente 14 pontos e cometeu oito desperdícios de posse de bola no período, permitindo que o Rockets abrisse 76 a 64 no marcador.

Mas os visitantes acertaram o ataque no último quarto e, aos poucos, foram se aproximando. Até que os dois lances livres convertidos por West a 17 segundos do fim empataram o jogo em 95 pontos. O Houston ainda teve a chance de vencer no tempo regulamentar, mas Lowry não acertou o arremesso no último segundo e a partida foi para a prorrogação.

Depois de começar o tempo extra em desvantagem, o New Orleans anotou dez dos 13 últimos pontos do confronto e garantiu a vitória.

Nash brilha na vitória do Phoenix

O Phoenix Suns ganhou do Portland Trail Blazers dentro de seus domínios por 115 a 111 nesta sexta-feira e impôs a terceira derrota seguida ao seu rival comandado pelo inspirado Steve Nash.

O armador canadense foi o melhor jogador em quadra: fez 23 pontos, distribuiu 13 assistências e pegou seis rebotes. Outro destaque do Phoenix na partida foi o veterano ala Grant Hill, que marcou 21 pontos e apanhou sete rebotes.

O ala-armador Wesley Matthews e o ala-pivô LaMarcus Aldridge foram as principais figuras do Portland, com 26 e 25 pontos, respectivamente.

Golden State bate Clippers

O armador Monta Ellis teve mais uma ótima apresentação nesta noite e conduziu o Golden State Warriors à vitória sobre o Los Angeles Clippers dentro de casa por 122 a 112.

Foram 30 pontos e seis assistências para Ellis. Outro jogador que apareceu bem pelo Warriors foi o ala-pivô David Lee, com 19 pontos, nove rebotes e seis assistências.

O ala-pivô Blake Griffin e o armador Eric Gordon fizeram 28 pontos cada e foram os pontos positivos do Clippers. Griffin ainda atingiu seu 24º “double-double” consecutivo ao pegar 13 rebotes.

Leia tudo sobre: houston rocketsnew orleans hornetsnba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG