Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê tem ótima atuação e Denver passa fácil pelo Phoenix

Cestinha da partida com 22 pontos, pivô brasileiro destaca-se pelo Nuggets, que conquista vitória sobre o Suns como visitante

iG São Paulo |

Mesmo atuando fora de casa, o Denver Nuggets bateu o Phoenix Suns com facilidade por 116 a 97, comandado pela ótima atuação de Nenê Hilário. O pivô brasileiro foi o cestinha do jogo com 22 pontos, tendo convertido nove dos 12 arremessos que tentou. Além disso, pegou sete rebotes e roubou três bolas.

Outro destaque do Denver foi o armador Ty Lawson, que fez um “double-double”: 20 pontos e 11 assistências. Já o ala Wilson Chandler auxiliou com 16 pontos e cinco rebotes.

O melhor atleta do Phoenix foi o pivô reserva Marcin Gortat. O polonês saiu do banco para registrar 14 pontos e 18 rebotes. O ala Jared Dudley, também reserva, marcou 13 pontos.

O aproveitamento nos arremessos ilustra a diferença entre os dois times no jogo. O Nuggets teve índice de conversão de 51,7%, ao passo que o Suns converteu apenas 41,1% dos seus tiros. Outro quesito das estatísticas que fez a diferença em favor dos visitantes foram os rebotes (51 a 42).

A liderança esteve nas mãos do Denver durante toda a partida, apesar de a equipe ter se distanciado do rival no marcador aos poucos. No último minuto do segundo quarto, o Suns estava a apenas quatro pontos do empate (53 a 49). Mas Chandler e Nenê comandaram uma corrida de seis pontos seguidos do time do Colorado, que foi para os vestiários vencendo por 59 a 49.

O Suns abusou dos erros ofensivos na primeira metade. No total, foram cometidos 14 desperdícios de posse de bola, que acabaram resultando em 24 pontos do Nuggets.

A torcida no ginásio US Airways Center esperava por uma reação do time da casa na segunda metade, mas acabou vendo exatamente o oposto. O Nuggets retornou do intervalo ainda mais forte, sobretudo defensivamente, limitando os mandantes a apenas 17 pontos no terceiro quarto.

Desta maneira, a vantagem dos visitantes ultrapassou a casa das duas dezenas ao final do terceiro período (90 a 66). Com Nenê e o resto dos titulares no banco, restou ao Denver apenas administrar a vantagem nos 12 minutos finais do confronto.

O resultado interrompeu uma longa série de fracassos do Denver contra o Phoenix atuando como visitante. A equipe havia perdido os últimos 12 jogos que disputou na casa do rival.

Leia tudo sobre: denver nuggetsnbaphoenix suns

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG