Pivô brasileiro faz 22 pontos e oito rebotes, mas não evita derrota do Nuggets. Kevin Durant anota 41 pontos e comanda o Thunder

O Oklahoma City Thunder levou a melhor sobre o Denver Nuggets neste domingo e saiu na frente na série entre as duas equipes pela primeira fase dos playoffs da NBA. Em casa, conquistou a vitória por 107 a 103 em um jogo bastante equilibrado, cheio de reviravoltas no marcador. O pivô Nenê Hilário não evitou a derrota dos visitantes, mas destacou-se ao somar 22 pontos, oito rebotes e dois roubos de bola.

O brasileiro foi o melhor do Denver no jogo. Outro atleta com boa atuação pelo time do Colorado foi o ala italiano Danilo Gallinari, com 18 pontos e quatro rebotes. Já o armador reserva Raymond Felton saiu do banco para colaborar com 12 pontos e oito assistências.

O Oklahoma City contou com uma performance arrasadora de Kevin Durant. O ala bateu seu recorde pessoal de pontos em partidas de playoffs com os 41 que anotou nesta noite, além de apanhar nove rebotes. A outra estrela do time, o armador Russell Westbrook, colaborou com 31 pontos, sete assistências e seis rebotes.

O Denver rapidamente assumiu o controle do jogo, muito por conta do inspirado desempenho de Nenê. A enterrada do brasileiro com apenas seis minutos jogados deixou os visitantes com dois dígitos de liderança (20 a 10). Naquele momento, ele já tinha anotado dez pontos.

Depois de permanecer com distância folgada no marcador pelo decorrer do primeiro quarto, o Nuggets chegou a abrir 13 pontos de frente (39 a 26) após uma bola certeira de longa distância do ala reserva Al Harrington. A partir daí, o Oklahoma City foi aos poucos se aproximando.

Na reta final da primeira metade, só deu Thunder. A equipe mandante anulou o ataque rival e anotou sete pontos consecutivos antes de ir para os vestiários. O placar no intervalo apontava apenas um ponto de superioridade para o Nuggets (60 a 59).

Não foi só o desaparecimento da vantagem que assustou o Nuggets. Logo com um minuto jogado na segunda metade, o joelho de Nenê chocou-se com o de Kendrick Perkins e o brasileiro acabou levando a pior. Ele saiu de quadra com dificuldades para apoiar a perna no chão. Contudo, ficou de fora por apenas alguns minutos e retornou ao duelo ainda no terceiro quarto.

O Thunder conseguiu passar à frente no decorrer do segundo tempo e abriu 98 a 90 quando restavam pouco mais de seis minutos por jogar, após uma cesta de Westbrook. Mas J.R. Smith e Nenê comandaram a reação do Nuggets, que anotou nove pontos consecutivos e voltou a assumir a ponta do marcador (99 a 98).

A partida caminhou para o seu desfecho totalmente indefinida. Um novo arremesso certeiro de Westbrook, dessa vez com 22 segundos para o fim, deixou os mandantes com três pontos de superioridade (104 a 101). Na busca pelo empate, Raymond Felton tentou um chute para três, mas a bola não entrou.

Westbrook ficou com o rebote, sofreu a falta e acertou os dois lances livres. O Oklahoma City não deu mais chances para a virada dos visitantes e confirmou a vitória dentro de casa na abertura da série.

Os times voltam a medir forças na quarta-feira. O segundo confronto será novamente realizado na casa do Thunder.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.