Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê joga bem, mas Denver perde do San Antonio de Splitter

Após começo de jogo equilibrado, Spurs dominou a partida a partir do segundo período e garantiu a vitória sem dificuldades

Luís Araújo, iG São Paulo |

Nenê Hilário fez boa partida, mas o brasileiro que saiu de quadra vitorioso foi Tiago Splitter. Atuando dentro de casa, o San Antonio Spurs bateu o Denver Nuggets neste domingo por 110 a 97 e estendeu sua série invicta para seis partidas.

Durante os 34:27 minutos que esteve em quadra, Nenê marcou 17 pontos ao acertar seis dos dez arremessos que tentou. O pivô titular do Denver ainda pegou sete rebotes, roubou cinco bolas e deu quatro assistências. Já Splitter jogou por 14:24 minutos, tendo somado seis pontos, três rebotes e um toco.

O grande responsável pelo sucesso do San Antonio no confronto foi o armador Tony Parker, dono de 30 pontos e sete rebotes. O ala-armador Manu Ginobili apareceu com 18 pontos e sete assistências. O veterano ala-pivô Tim Duncan, por sua vez, anotou nove pontos e pegou 16 rebotes.

Além de Nenê, quem se destacou no Denver foi o ala Al Harrington, que saiu do banco para registrar 18 pontos e quatro rebotes. Já o ala Carmelo Anthony teve participação bastante discreta: foram apenas 12 pontos e cinco rebotes para o astro nesta noite – números bem abaixo dos que costuma apresentar.

O Spurs teve um aproveitamento de 51,5% nos arremessos contra 43% do rival. Mostrou superioridade também nos rebotes (47 a 38). Poderia ter conquistado a vitória de maneira ainda mais tranquila se não tivesse cometido tantos desperdícios de posse de bola: foram 19 durante o jogo, ao passo que o Nuggets cometeu apenas dez erros ofensivos.

Foram seis mudanças na liderança do marcador durante o primeiro quarto, marcado pela intensa disputa entre as equipes. O Denver foi um pouco melhor e venceu por quatro pontos (24 a 20). Chegou a abrir 32 a 20 de superioridade após anotar os oito primeiros pontos do segundo período. Mas as coisas estavam prestes a fugir do controle do time do Colorado.

AP
Tiago Splitter encara a marcação de Nenê

Os mandantes se aproximaram nos minutos seguintes. E com uma corrida de 19 pontos consecutivos, não só passaram à frente com

o abriram distância de dois dígitos no placar. Foram para o intervalo ganhando por 57 a 45 e n

ão estiveram mais em desvantagem em nenhum outro momento da noite.

Sem conseguir voltar a se aproximar com perigo, o Nuggets não ameaçou o triunfo dos texanos. Um lance livre de Richard Jefferson com pouco mais de seis minutos restantes para o encerramento do jogo fez com que o San Antonio impusesse 17 pontos de frente (94 a 77).

Com o resultado já definido, os dois treinadores colocaram os reservas em quadra. Bom para Splitter, que teve a chance de atuar por mais alguns minutos. E a última cesta do jogo veio das suas mãos, ao completar um passe que recebeu de Larry Owens com uma bela enterrada.

Leia tudo sobre: tiago splittersan antonio spursnenê hilárionba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG