double-double em novo triunfo do Nuggets - Basquete - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê fica perto de double-double em novo triunfo do Nuggets

Time do pivô brasileiro venceu a quarta seguida em partida marcada pelo placar elevado das equipes

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854226370&_c_=MiGComponente_C

Fábio Sormani: Acesse o blog e leia sobre o início da temporada
  • Twitter do iG Esporte: Principais notícias, fatos inusitados, vídeos e opinião
  • O Denver Nuggets superou o Phoenix Suns em jogo de muitos pontos. Jogando em casa, a equipe de Nenê Hilário venceu por 138 a 133. O pivô brasileiro teve boa atuação e ficou perto de um "double-double". Foram 12 tentos e nove rebotes.

    O Nuggets precisou de três minutos para construir a vantagem que definiu o jogo. Logo no começo da partida a equipe abriu 10 a 0 no placar. Apenas no minuto final o Suns conseguiu ameaçar o controle do time de Denver, mas não evitou a décima vitória da equipe de Nenê.

    O reserva J.R Smith foi o cestinha do Nuggets com 30 pontos. No entanto o maior pontuador do jogo foi Jason Richardson do Suns. O ala fechou o a partida com 39 tentos (7-9 nas bolas de três).

    O armador Steve Nash conseguiu um "double-double" (15 pontos e 11 assistências), mas falhou no arremesso que poderia ter empatado o placar nos segundos finais.

    Agora o Nuggets soma quatro vitórias consecutivas na temporada. São dez triunfos em um total de 16 jogos. O desempenho classifica a equipe na sétima posição da Conferência Oeste.

    O Suns desperdiçou a chance de ter uma campanha com mais vitórias do que derrotas pela primeira vez na temporada. Agora o time do Arizona registra nove derrotas e oito triunfos.

    A partida disputada no Pepsi Center em Denver teve muitas bolas de três pontos. Foram 16 em 30 tentativas do Nuggets. Já o Suns converteu 13 das 29 que arriscou. 

    AP
    Marcado por Chauncey Billups, Steve Nash tenta armar jogada

    O jogo

    O Nuggets começou arrasador. Somente a equipe de Denver anotou pontos nos três primeiros minutos e chegou a abrir 10 a 0 no placar. O primeiro tento do Suns veio apenas com um lance livre convertido por Sreve Nash.

    Com Nenê Hilário liderando a equipe em pontos, o Nuggets manteve o domínio no primeiro quarto. O Suns chegou a reduzir a diferença para cinco pontos, mas o time de Denver colocou a vantagem em nove (31 a 12) no final da parcial.

    O segundo quarto foi mais equilibrado do que o primeiro. No entanto, o domínio do Nuggets persistiu. Embora o Suns tenha reduzido a desvantagem para cinco pontos, o time de Denver reagiu e venceu a parcial por 37 a 35 e foi para o intervalo em vantagem de 11 pontos (68 a 57).

    O Nuggets seguiu dominando os rebotes no na volta do intervalo. E o brasileiro Nenê Hilário se manteve como o jogador com melhor desempenho nessa estatística pela equipe de Denver. Foram oito até o final da terceira parcial.

    O Suns dominou o período final. No entanto, não conseguiu reduzir a diferença da casa dos dez pontos até o minuto final. Com cestas de três pontos seguidas, o time do Arizona chegou a ficar apenas um ponto atrás no placar.

    Nos últimos segundos, o Suns utilizou o recurso de faltas para congelar o relógio e se manter vivo, mas o Nuggets soube aproveitar os lances livres.

    Leia tudo sobre: basquete - nba

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG