Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê é o melhor em quadra na vitória do Denver sobre o Memphis

Pivô brasileiro foi o principal jogador do confronto ao marcar 27 pontos e pegar 11 rebotes em mais um triunfo do Nuggets

Luís Araújo, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237881968927&_c_=MiGComponente_C

O Denver Nuggets superou o Memphis Grizzlies dentro do seu ginásio por 108 a 107 num confronto bastante disputado, definido apenas nos minutos finais. O time do Colorado chegou à sua sétima vitória consecutiva neste domingo comandado por uma atuação inspirada de Nenê, melhor jogador em quadra.

O pivô brasileiro acertou dez dos seus 13 arremessos de quadra. Foi o cestinha do jogo com 27 pontos e alcançou um double-double ao pegar 11 rebotes. Distribuiu ainda seis assistências, roubou duas posses de bola e deu dois tocos. A apresentação de gala fez com que o locutor da TV Altitude dissesse ao final da transmissão: Nenê teve uma grande noite.

AP
Nenê em ação contra o Memphis; pivô foi o destaque da vitória do Denver

Quem também apareceu bem pelo Denver no jogo foi o ala-armador Aaron Afflalo, dono de 25 pontos. O ala-pivô Shelden Williams somou nove pontos e nove rebotes. Já o astro Carmelo Anthony teve desempenho bastante abaixo do que costuma apresentar: com 16 arremessos errados em 20 tentados, anotou somente 13 pontos e pegou seis rebotes.

Todos os cinco titulares do Memphis pontuaram em duplo dígito. O principal deles foi o ala Rudy Gay, que teve 24 pontos. Já o ala-pivô Zach Randolph alcançou o double-double com 18 pontos e 12 rebotes.

A torcida no Pepsi Center gostou do que viu no início da partida. O Denver dominou completamente o primeiro quarto e não demorou para abrir dois dígitos de liderança. A margem de superioridade no marcador foi mantida durante o período seguinte e a equipe vencia no intervalo por 15 pontos: 62 a 47.

Mas quem imaginava que o Nuggets estenderia sua série de vitórias consecutivas com tranquilidade se enganou. Isso porque o Memphis voltou dos vestiários com uma atitude completamente diferente, sobretudo defensivamente: limitou os mandantes a apenas 14 pontos durante o período. Do outro lado, o ataque marcou 30.

O último quarto começou com o Grizzlies vencendo por um ponto (77 a 76). O Denver voltou a passar à frente logo nos primeiros ataques do período, mas não conseguia se distanciar com folga. Um arremesso certeiro de Anthony com pouco menos de três minutos por jogar deu ao time nove pontos de frente (100 a 91). Os visitantes voltaram a equilibrar, mas não retomaram mais a ponta do placar.

Dois lances livres certeiros do armador Chauncey Billups com quatro segundos restantes colocou o Nuggets em superioridade de 108 a 104. Os quatro pontos de distância garantiram a vitória da equipe, pois mesmo com o arremesso de três de Mike Conley no último segundo o Grizzlies não conseguiu levar o jogo para o tempo-extra.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG